Motos “cinquentinhas” deverão ter documento registrado do Detran

Notícias Top Geral

A mudança, que já está valendo desde o início deste mês, diz respeito àquelas motos conhecidas como “cinquentinhas” e que antes eram registradas apenas nos departamentos de trânsito dos municípios. A partir de agora, deverão ter o documento do Detran (CRLV), ou seja, pagarão IPVA, seguro obrigatório e licenciamento.

Esta mudança é devida a uma alteração no Código de Trânsito Brasileiro. Em Jataí, os proprietários das cinquentinhas pagavam apenas 50 reais para fazer o registro destes veículos ciclomotores que transitam com placas amarelas. Em Goiás, ao todo estão cadastradas cerca de 20 mil cinquentinhas e em Jataí são em torno de 3 mil.

Quem não se adequar a estas novas regras estará sujeito à multa. Segundo o superintendente municipal de trânsito, Lucimar Cardoso, estas mudanças contribuirão na melhoria da fiscalização e cobrança dos documentos. Ressalta ainda que para conduzir tais veículos, a pessoa deverá portar CNH nas categorias A ou ACC, que é a autorização para condução de ciclomotores e documento do veículo registrado no Detran (CRLV).

Rosana de Carvalho
Foto: Vânia Santana
Jornalismo Portal Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.