Saúde e Bem Estar Top Panorama

Sedentarismo é o 4° maior fator de risco de mortes no mundo: Saiba como evitar esse mal

Foto: Internet
Além das práticas corporais já conhecidas, a atividade física pode ser acrescentada no dia a dia através de pequenas mudanças

Sábado (06) e Domingo (07) foram dias especiais no panorama internacional. Isso porque o Dia Mundial da Atividade Física é comemorado dia 6 de Abril e o Dia Mundial da Saúde no dia 7 de Abril. Os Brasileiros, porém, não têm o que comemorar. Segundo um estudo da Organização Mundial da Saúde publicado na revista científica Lancet, a América Latina é a região do mundo com o maior índice de pessoas sedentárias e, pasmem: o Brasil lidera a lista com um total de 47% da população não praticando a quantidade adequada de exercícios físicos.

Essa taxa altíssima influencia diretamente na saúde da população brasileira. Somos o 4° país com mais diabéticos no mundo, segundo o International Diabetes Federation (IDF). Por doenças cardiovasculares, morrem, em média, 350 mil pessoas por ano, o que corresponde a uma a cada 40 segundos, segundo a OMS. Tal situação crítica demonstra a importância da atividade física no contexto brasileiro.

Como evitar o sedentarismo?

Além das práticas corporais já conhecidas como a academia, dança, jogos e aeróbica, a atividade física pode ser acrescentada no dia a dia de maneira gradual e com pequenas mudanças no cotidiano. Segundo Gustavo Starling Torres, médico pós-graduado em Medicina Esportiva, são necessários apenas 30 minutos diários de atividade física moderada para evitar essa situação, que podem ser cumulativos durante o dia, desde que as sessões sejam de pelo menos 10 minutos cada.

Separamos, então, 3 dicas simples para incorporar no dia a dia e evitar o sedentarismo:

Fique menos tempo sentado

Para quem trabalha em escritório ou o dia inteiro sentado, é importante fazer pausas ao longo do dia. Uma caminhada ao redor do escritório a cada 2 horas ajuda a estimular a circulação sanguínea. Faça alongamentos no intervalo ou até mesmo na pausa para o banheiro para evitar dores musculares.

Tarefas domésticas podem ser suas aliadas

Tarefas domésticas com duração mínima de 10 minutos, como recomendado por Torres, podem ajudar a atingir os 30 minutos recomendados. Atividades como lavar roupa, varrer/limpar a casa, levar o cachorro para passear, entre outras, são atividades diárias que podem ajudar na luta contra o sedentarismo.

Uma caminhadinha a mais

Nas atividades diárias, como ir ao mercado, padaria, ou ao trabalho, estacionar o carro algumas quadras mais longe do que o normal pode fazer grande diferença. Experimente ir a pé ou de bicicleta para o almoço ou dar uma volta a mais no quarteirão caso vá em algum lugar a pé, são minutos a mais que seu corpo agradecerá no futuro.

Leia também: https://pn7.com.br/fitness-snacking-novo-metodo-de-atividade-fisica-promete-emagrecimento-para-sedentarios/

Benefícios

Além de ajudar na prevenção de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) ligadas ao excesso de peso, como a hipertensão e o diabetes, além das cardiovasculares, a prática regular de atividades físicas desencadeia uma série de efeitos benéficos ao corpo. Manter a mente mais atenta e o corpo mais alerta, auxiliar no controle de peso, melhorar a qualidade do sono e aliviar o estresse são alguns dos benefícios da prática regular de exercícios.

Thaysa Alves
Foto Capa: Internet
Jornalismo panorama.not.br