Saiba como se tornar um Doador Voluntário de Medula Óssea

Notícias Top Geral

A Medula Óssea

É o tecido que ocupa o interior dos ossos e produz as células hematopoiéticas, que são os principais componentes do sangue.

O transplante de Medula Óssea

Consiste na substituição de uma medula óssea doente, ou deficitária, por células normais de medula óssea, com o objetivo de reconstituição de uma nova medula.

A compatibilidade

É determinada pelo exame de histocompatibilidade (HLA), este determina as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre doador e receptor. No entanto, é muito difícil encontrar um doador que seja compatível com o receptor, à probabilidade é de 1/500.000. Ou seja, a chance é mínima, por isso, quanto mais pessoas cadastradas, melhor!

Como se cadastrar no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME)?

É simples, basta ir ao hemocentro de Jataí (localizado no Centro Médico); preencher uma ficha de cadastro com informações pessoais. Após o preenchimento da ficha, será então coletado apenas 5 ml. Esta coleta é necessária para a realização dos exames HLA e complementares, estes conferem as características genéticas do doador e o estado geral de saúde do candidato doador.

Quem pode doar?

Pessoas entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde, ou seja, não ter doença infecciosa ou incapacitante e ser cadastrado como doador voluntário de medula óssea.

A doação

Ocorre quando o Instituto Nacional do Câncer (INCA) encontra um candidato a doador que seja mais compatível com o receptor, esse candidato passará por um rigoroso exame clínico, e sendo conferido o seu bom estado geral de saúde, este estará apto a doar suas células tronco hematopoiéticas, podendo assim, salvar uma vida!

Curiosidades sobre o Transplante de Medula Óssea

Medula Óssea e medula espinhal não é a mesma coisa. Doar medula não faz mal à saúde, além da mesma se regenerar em até 15 dias após a doação. Não passa nenhuma doença, por isso é necessário os exames complementares, e o procedimento é rigoroso e seguro. Raramente haverá mais de duas pessoas compatíveis com o doador, mas se houver o doador poderá doar mais vezes.

Nayara Borges – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.