Produtores de Jataí (GO) participaram da Caravana e seguem atentos ao clima

Agronegócio

O município de Jataí, no sudoeste de Goiás foi o primeiro a receber a segunda temporada da Caravana Soja Brasil. Os produtores puderam receber um dia de capacitação e troca de conhecimento oferecido pelo Canal Rural e seus parceiros.

NUMBERS-300x250

Na safra 2014/2015, a Caravana Soja Brasil já havia passado por Jataí. Na época, a preocupação foi a safrinha de soja. Para esta safra, o clima segue no radar do produtor, já que a última safra foi marcada por veranicos e quebras na produtividade.

Apesar das chuvas terem chegado mais cedo do que se esperava, o que deve antecipar a janela ideal de plantio, o medo de mais um forte veranico na fase reprodutiva da soja ainda está presente. Um levantamento da Somar Meteorologia apontou que, nos últimos três anos, o volume de chuvas reduziu consecutivamente no estado de Goiás.

Mesmo sendo uma preocupação para o ciclo, seca não incomoda agora. Chove no estado desde a última semana, mas o consultor técnico da Associação dos Produtores de Soja de Goiás (Aprosoja-GO) Cristiano Palavro recomenda ao produtor rural segurar a ansiedade e plantar a soja apenas quando terminar o vazio sanitário, em 1º de outubro.

Na avaliação do presidente do Sindicato Rural do município, Ricardo Peres, a passagem foi muito boa. Para o secretário do sindicato, Silomar Cabral Faria, o resultado foi positivo, superando a passagem do auditório móvel do Canal Rural no ano passado.

– Foi muito bom, mesmo. As palestras de manejo de pragas e uso da biotecnologia ajudam o produtor. Se comparado com o ano passado, superou – reforça Faria.

Mais de 50 produtores acompanharam palestras sobre manejo, biotecnologia e uso de insumos, participação que supera o ano passado. Agora, a Caravana Soja Brasil segue para o município de Paraúna.

Manaíra Lacerda / Foto Capa: Vânia Santana – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.