Faeg reduz estimativa de safra de soja em Goiás em 9,8 mi

Agronegócio

Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgou mais um levantamento da safra de grãos brasileira 2015/16. Mesmo com aumento tímido da área plantada em 1,5%, Goiás deve produzir 11,5%. De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), essa projeção da oleaginosa poderá ser reduzida de 10,4 milhões de toneladas para 9,8 milhões no estado.

CAT- Agro

Segundo análise do assessor técnico da Faeg, Cristiano Palavro, a instabilidade severa de chuvas, principalmente nas regiões norte do estado e do sul, poderá reduzir as expectativas de produtividade esperada para a soja, trabalhando atualmente com o número total estimado de 9,8 milhões de toneladas. “Temos condições de lavouras bastante variadas no estado. As regiões do norte, nordeste e Vale do Araguaia foram bastante afetadas pela falta de chuvas em novembro e dezembro, e muitas áreas não foram plantadas ou estão em condições ruins. Já no centro-sul do estado, apesar do aparecimento de diversas lavouras com falhas de stand, as condições ainda são boas. Estes problemas iniciais explicam a pequena redução no potencial de produtividade”, destaca Palavro.

Milho

No milho as expectativas são positivas. Apesar de um pequeno decréscimo na área plantada, de 4,2%. De acordo com Palavro, a expectativa de produtividade é esperada para este ano, o que eleva a produção total. Segundo a Conab, Goiás deverá colher cerca de 1,8 milhão de toneladas nesta safra 2015/16, resultando em 9,4% de aumento na produção do cereal no verão.

Cristiano Palavro e Nayara Pereira (Com informações da Conab)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.