Automóvel Top Destaque

Alarmante: Um em cada cinco motoristas, usa o celular ao volante

A pesquisa mostrou ainda que as pessoas com maior escolaridade são as mais propensas à assumirem esse comportamento de risco

Segundo o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018, em pesquisa divulgada esta semana, dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde evidenciaram que 19,3% da população das capitais brasileiras usam o celular enquanto estão ao volante. Ou seja, uma de cada cinco pessoas, afirmou que está conectado no momento em que está conduzindo.

Com a pesquisa revelada pelo Ministério é sabido ainda que os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país. Além da condução inconsequente, outros três fatores são indicativos na pesquisa para que ocorra os acidentes de trânsito : consumo de álcool, consumo abusivo de álcool e multa por excesso de velocidade.

A pesquisa mostrou ainda que as pessoas na faixa etária de 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (26,1%), com 12 anos de estudo ou mais, são as mais propensas à assumirem esse comportamento de risco. Os motoristas com nível superior são os que mais recebem multas por excesso de velocidade e que dirigem enquanto ingerem bebida alcoólica.

As capitais que tiveram um maior índice de uso de celular por condutores foram Belém (24%), Rio Branco (23,8%) e Cuiabá (23,7%), seguido por Vitória (23,3%), Fortaleza (23,2%), Palmas (22,4%), Macapá e São Luís (22,3%). Em contrapartida, as capitais com menor uso de celular durante a condução de veículo foram: Salvador (14,1%), Rio de Janeiro (17,1%), São Paulo (17,2%) e Manaus (17,7%).

Carolina Craveiro Carvalho
Foto capa: Internet
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

Enquete:

O Panorama quer saber a sua opinião: Educação sexual nas escolas de Jataí. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...