Vazio sanitário da soja em Goiás terminou, mas seu plantio ainda depende da chuva

Agronegócio

Terminou nesta quarta feira (30), o vazio sanitário obrigatório da soja em Goiás. Por isso, a partir de amanhã o plantio da safra 2015/2016 está autorizado no estado, mas pode demorar um pouco por conta da quantidade de chuvas ainda não ser o ideal, segundo a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja/GO).

TEste 2020 aac

Ainda de acordo com tal associação, deve haver um pequeno aumento da área cultivada com soja, entre 2% e 3%, totalizando 3,4 milhões de hectares. Entretanto, esta situação pode variar por causa da instabilidade econômica que o país vem enfrentando e pela disponibilidade de crédito rural nesta safra, já que muitos recursos foram liberados tardiamente e com taxas de juros mais elevadas.

Outro ponto que o agricultor também está levando em consideração é que, apesar da valorização do dólar ter contribuído para bons preços da soja, fez com que os custos de produção também aumentassem, principalmente os insumos agrícolas, situação que preocupa o produtor.

Por fim, as condições climáticas também influenciam diretamente a produção da soja, já que como foi visto em anos anteriores, períodos de longa estiagem contribuíram negativamente para o desenvolvimento das lavouras, causando perdas de 3,5 milhões de toneladas do grão. Para esta safra, com a influência do El Niño, o esperado é que o volume de chuvas seja maior, porém, ainda há o risco de ser concentrado em curtos períodos e ocorrer novamente estiagens.

Rosana de Carvalho – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.