Automóvel

Vai comprar um carro usado? Saiba como avaliar o carro e evite ser enganado

O famoso barato que sai caro pode ser evitado com muita atenção na hora de comprar seu carro usado

Carro com multas

É essencial saber se o carro tem alguma pendência legal, como multas e IPVA atrasado. Essas podem ser uma causa daquele carro dos sonhos estar tão mais barato do que o normal. Caso o carro tenha pendências, é importante estabelecer claramente quem pagará os valores.

Carro rodado

Apesar de não ser o único fator, a quilometragem de um veículo é essencial para avaliar se vale ou não a pena comprar um carro usado. O consenso do mercado é de que a média ideal é de 10 a 15 mil quilômetros rodados por ano.

Muita atenção também para a marca dos 60 mil quilômetros, que é quando, geralmente, os carros exigem mais atenção com troca de peças e manutenção.

Saiu de linha

Quando um carro já saiu de linha, é mais difícil de encontrar peças de reposição originais e o valor de revenda cai drasticamente.

Carro batido

Assimetria nas portas, arranhões, deformações na lataria e diferenças na pintura são alguns dos fatores que podem denunciar um carro batido.

Acessórios faltando

Esteja atento à presença de extintor, macaco, triângulo, chave de rodas e estepe em condições de uso. São acessórios que quase não são notados na hora da compra, porém farão grande diferença no futuro se você tiver que comprar um novo.

Suspensão

A suspensão é outro fator importante a ser observado. Teste a suspensão dando uma volta em terrenos irregulares, quebra-molas, estradas de terra ou ruas não pavimentadas.

Outra maneira de testar a suspensão sem ter que andar com o carro é balançar o carro para baixo segurando pelo para-choque. Ao soltar o para-choque, o carro balançará. Se balançar mais de duas vezes, desconfie da suspensão.

Barulhos, dirigibilidade e conforto

É extremamente recomendável que você teste o veículo antes de fechar o negócio. Descobrir que o volante é muito duro, que o carro tem algum barulho na hora de andar ou que o banco tem problemas de regulação somente depois de comprar é uma decepção comum de quem compra um carro usado.

Se possível, leve um mecânico junto com você para testar o carro, ele pode perceber coisas que te impedirão que cair em uma fria depois de comprado.

Por fim, muito cuidado com carros muito baratos, pois eles podem ter sido roubados e, nesse caso, você estará cometendo o crime de receptação. O aplicativo SINESP cidadão da Secretaria Nacional de Segurança Pública, gratuito e disponível tanto para Android quanto para IOS,permite checar a placa do carro.

Thaysa Alves
Foto Capa: Internet
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br