JATAÍ: USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS TROCAM O USO DO FACEBOOK, POR APLICATIVOS MAIS ÁGEIS

JATAÍ: USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS TROCAM O USO DO FACEBOOK, POR APLICATIVOS MAIS ÁGEIS

31 de janeiro de 2014 0 Por Redação Portal PaNoRaMa

No dia 30 de outubro do ano passado, foi divulgado um resultado financeiro do facebook, o que gerou imensa preocupação aos executivos do mesmo, já que os jovens, cada vez mais deixam de lado o uso da rede social, para fazer o uso de outros aplicativos e/ou redes.

Redes como o Instagram, Twitter e aplicativos como WhatsApp estão entre os mais usados nos smartphones dos adolescentes e jovens atualmente, o que mostra que o Brasil segue a tendência dos Estados Unidos em relação ao uso dos mesmos.

Segundo pesquisas feitas em Jataí/GO, alguns dos motivos que tem ocasionado e diminuído o uso do Facebook no mundo, é a falta de privacidade, coisas sem utilidade e o fato dos outros aplicativos serem bastante mais ágeis e práticos.

Hoje eu não uso mais o facebook com a mesma frequência de antes. Atualmente tenho usado o Instagram e o WhatsApp. O Instagram é prático em fotos, lá eu posso ver fotos de assuntos que realmente me interessam como roupas de lojas, moda, academia, notícias e é prático por que você entra e já vê as atualizações de fotos, sem falar na qualidade das fotografias. O WhatsApp é bem mais ágil do que o facebook para se comunicar e se atualizar, você não precisa ficar procurando a pessoa que você quer falar e como é no celular você pode estar usando a qualquer momento, com rapidez e agilidade”, diz a Executiva de Vendas Silvânia Rocha (foto capa), 28 anos.

Algumas pessoas dizem que ainda utilizam o facebook, mas não com a mesma frequência ou pelos os motivos que usavam antes de surgirem novidades no mundo das redes sociais. Alguns pesquisados, dizem usar a rede social para orientação de estudos, acompanhamento de aulas, provas e trabalhos.

Depois que descobri o WhatsApp eu fico no aplicativo o dia todo. Entro no facebook só de vez em quando, umas quatro vezes por semana e uso mais para me orientar sobre assuntos da faculdade. Não é que eu prefiro o WhatsApp, acho que é vício mesmo. O WhatsApp é como o msn, mas no celular. Você fica conversando com as pessoas o dia todo. Eu acordo e durmo olhando o WhatsApp e o bom é que lá tem privacidade, você só seleciona quem quer, tem os grupos dos amigos e então só deixo os mais íntimos, ou seja, lá você escolhe apenas pessoas que você realmente gosta de conversar”, explica a Estudante de Agronomia Jordana Guimarães, 19 anos.

Conversar pelos aplicativos, como WhatsApp por exemplo, é muito mais fácil, principalmente se estiver no celular por que além de ser mais rápido, consome menos banda da internet”, diz o Projetista Patrício Sodré, de 23 anos.

Com isso, percebe-se que a concentração dos jovens nos aplicativos está sendo muito mais relevante do que no Facebook. Acredita-se que no Brasil a situação está se espelhando a dos Estados Unidos, o que é um fato negativo para os executivos da rede, pois o Brasil é considerado o segundo país de maior população de jovens no facebook.

Os jovens e adolescentes estão buscando cada vez mais rapidez e prática na hora de se conectar com os amigos e atualidades, seja por vício, costume ou moda, o fato é que o facebook está sendo deixado de lado aos poucos e isso pode ser bom ou ruim, depende de cada caso ou situação.

Nayara Borges de L. T. Moraes / Foto: Alex Alves – Site Panorama