Unhas fortes e grandes: confira os cuidados necessários para transforma-las

Saúde e Bem Estar

Grande parcela das mulheres, sofrem com as unhas que quebram, descamam ou mudam de cor e textura com frequência. É importante estar atenta, pois estes são avisos de que elas estão fracas e provavelmente há algo de errado com o organismo ou hábitos diários.

NUMBERS-300x250

O problema pode estar relacionado a vários fatores, como por exemplo ao uso de um mesmo esmalte por um longo período, à manipulação excessiva de produtos de limpeza sem proteção, à carência de vitaminas na alimentação, a traumas físicos, ou ainda doenças sistêmicas, como a anemia.

Após consultar um médico e descartar problemas de saúde, vale começar a colocar em prática alguns cuidados para deixar as unhas impecáveis, garantindo que elas estejam sempre firmes e fortes. Confira:

– É necessário dar atenção à retirada do esmalte antigo. A acetona é eficaz, mas também é responsável por remover parte da queratina presente na camada mais externa da unha que é essencial para protegê-la. Atualmente, segundo dermatologistas e especialistas, a opção mais recomendada e menos prejudicial são os lencinhos removedores. Eles possuem solventes não tóxicos e contém glicerina e água, o que os torna oleosos, colaborando na hidratação das cutículas e unhas.

– Ao cortar as unhas opte pelo formato quadrado, já que arredondadas, as chances de se encravar são maiores. Ao lixa-las, faça movimentos suaves apenas nas bordas, nunca lixando a parte de cima. Caso a superfície esteja áspera, utilize um polidor ou um esfoliante.

– A remoção de cutículas não é recomendada pelos médicos, já que retira-las pode causar pequenos ferimentos que as tornam uma porta de entrada para bactérias, além de causar inchaço, dor e sensibilidade. A melhor opção é usar diariamente cremes ou ceras próprias para a região, ou ainda hidrata-la com um produto à base de ácido glicólio. Dessa forma, a pelinha extra ficará com o tempo fina, macia e quase imperceptível. Caso não fique satisfeita apenas com esse processo, vale empurrar a cutícula delicadamente com uma espátula e eliminar apenas o excesso com o alicate.

– A história de que é necessário ficar sem esmalte para a unha poder “respirar” é uma meia-verdade, porém, não é recomendado prolongar esse intervalo por muito tempo, já que sem o esmalte as chances das unhas quebrar são maiores. Caso as unhas estejam saudáveis e fortes, não é necessário tirar esse tempo. No entanto, se estiver descascando ou quebrando com facilidade, é indicado fazer uma pausa de pelo menos 12 horas. É importante aplicar e deixar agir neste tempo algum creme especial que contenha substâncias hidratantes e fortalecedoras. Após o intervalo, escolha uma base ideal que proporcione benefícios a unha. A seleção do esmalte também requer atenção, pois embora boa parte deles garantam boa durabilidade e brilho, são grandes causadores de alergia, por isso é importante estar atenta às composições.

Nayara Borges – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.