Problemas com caspa? Saiba como resolver

Saúde e Bem Estar

Quando olhamos a pessoa ao nosso lado, vestida com uma roupa escura e vemos uma infinidade de pequenos pontos brancos, principalmente na região da nuca e dos ombros, logo pensamos: é caspa! Este é um mal que afeta praticamente metade da população mundial, e que acomete as pessoas principalmente nos dias mais frios. Conhecida como caspa, na verdade seu nome é dermatite seborreica e provoca vermelhidão, descamação e coceira abundante no couro cabeludo.

NUMBERS-300x250

A origem do problema pode estar relacionada com genética, resíduos de produtos químicos utilizados no cabelo, uso de alguns medicamentos, stress, excesso de oleosidade, alergias, contaminação pelo fungo Malassezia globosa, alterações hormonais, diabetes e para o espanto de muitos, inclusive o frio pode ser uma das causas para o aparecimento ou aumento da caspa.

Mas existem algumas dicas que podem acabar com essa situação. Veja algumas delas:

– Lavar a cabeça com frequência: mesmo nos dias mais frios, é essencial lavar o cabelo todos os dias usando shampoo anticaspa para evitar o acúmulo de oleosidade. É importante manter a área do couro cabeludo livre de fungos e qualquer tipo de sujeira e resíduos;

– Evitar banhos muito quentes: como sabemos, o frio provoca mais caspas, e é justamente nesta época que os banhos se tornam mais quentes e demorados, e isso faz com que as glândulas sebáceas se tornem mais ativas e acumule oleosidade no couro cabeludo, gerando mais caspas;

– Tempo certo para o banho: o shampoo anticaspas deve agir no couro cabeludo por um período de 5 a 10 minutos e depois é enxaguado. Por isso, deve-se saber dosar o tempo de banho, nem tão curto, nem tão longo, assim como a temperatura da água, já que a quente demais faz mal e a muito fria também não consegue retirar toda oleosidade, ou seja, o ideal é que a água esteja morna;

– Alimentar-se bem: é essencial ingerir alimentos com baixo teor de gordura e beber muita água. Alimentos à base de soja contêm antioxidantes que ajudam a combater o problema de descamação da pele. Para evitar a indesejada coceira, tome bebidas que possuam camomila, hortelã ou abacaxi, pois têm ação anti-inflamatória;

– Evitar cabelo molhado: nunca prenda o cabelo se ainda estiver úmido e também evite ao máximo dormir com os cabelos molhados, impedindo assim a proliferação do fungo causador da dermatite. Seque bem os fios antes de mais nada;

Existem também algumas receitas caseiras que podem acabar ou pelo menos minimizar o problema das caspas, como por exemplo, a loção de alecrim ou de vinagre de maçã. Entretanto é fundamental que caso o problema persista, o adequado é procurar ajuda de um dermatologista, pois só ele poderá indicar o melhor tratamento em cada caso específico.

Rosana de Carvalho – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.