Notícias

Parque Ecológico inacabado: Projeto emperrado por empresa passa por decisões do executivo

Foto: Sâmela Raíssa
Obra Parque Ecológico Brisas é interrompida por rescisão unilateral do contrato, com multa para a empresa, por inexecução e não conclusão desta...
Segundo a placa afixada no local consta o valor total da obra que seria de R$ 815.858,88, angariando uma multa de R$81.585,80. – Foto: Sâmela Raíssa / Portal Panorama

Medida foi publicada no Diário Oficial do município, nesta segunda-feira (25), a decisão de rompimento de contrato da empresa SVO Engenharia LTDA. Tal decisão fora dada em prol da inexecução e não conclusão da obra Parque Ecológico e Lazer Brisas.

A obra do Parque Ecológico Brisas foi iniciada em 2016, na prática. No ano de seu início, foi fechado um contrato entre a Prefeitura Municipal de Jataí, no mandato do antigo prefeito. No entanto, com o mal andamento da obra que não findou nem o objetivo principal, o qual era a urbanização e preservação ambiental da nascente do “Córrego do Tatu”, um terreno de mais de 50 (cinquenta) mil metros quadrados, e um orçamento de mais de R$ 815.858,88.

A decisão ocorreu por ter sido constatados pelo executivo, indícios de inexecução contratual por parte da empresa, o que motivou a notificação pela administração, e considerando também a negativa aos requerimentos e soluções apresentadas pela empresa, posteriormente a mesma foi notificada para a conclusão da obra sob pena de rescisão contratual com penalidade de multa de 10% (dez porcento) do valor total da obra, que, segundo a placa afixada no local consta o valor total da obra que seria de R$ 815.858,88, angariando uma multa de R$81.585,80.

A redação jornalística do Portal Panorama, entrou em comunicação com o prefeito atual de Jataí Vinícius Luz, a respeito das obras do Parque Ecológico Brisas, localizado próximo aos setores Hermosa e Residencial Brisas, o gestor municipal informa sobre o rompimento de contrato da empresa SVO ENgenharia LTDA, “A empresa tentou fazer uma rescisão amigável, porém o setor de licitações e contratos entendeu que houve um abandono da obra, e que deveriam ser penalizado com multa. O prefeito também relatou em relação a continuidade da obra, “o contrato está sendo rescindido, após a rescisão dessa obra com a secretária de obras e planejamento urbano, será preciso realizar um novo levantamento do que é o remanescente dessa obra, e assim partir para uma nova licitação”.

Brunna Teodoro Queiroz
Revisão: Paula Caroline
Foto Capa: Sâmela Raíssa / Portal Panorama
Jornalismo Portal Panorama

Enquete:

O Panorama quer saber a sua opinião: Educação sexual nas escolas de Jataí. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...