Santa Terezinha de Goiás: mulher diz que foi demitida após reclamar de assédio de gerente de RH (Foto: Reprodução)

Funcionária registrou ocorrência na Polícia Civil e afirmou que os pedidos sugestivos do homem ocorriam há meses.

Uma mulher denunciou que foi demitida de uma empresa por não aceitar o assédio de um gerente de Recursos Humanos (RH) que mandava figurinhas pornográficas para ela. A funcionária, que registrou ocorrência na Polícia Civil, afirmou que os pedidos sugestivos do homem ocorriam há meses, em Santa Terezinha de Goiás.

O portal teve acesso ao boletim de ocorrência. Consta no documento que, desde 2023, o gerente “vem mandando mensagens com segundas intenções para (…), como a chamando de ‘princesa, meu amor, minha flor, minha florzinha’”. Além disso, o suspeito de importunação sexual é casado.

A vítima, contudo, disse que optou por não realizar ocorrência no fim do ano passado, pois é o período em que ocorrem demissões na empresa. Ela narra, porém, que, em abril de 2024, o homem retomou o envio de mensagens, mas dessa vez com “figurinhas de partes genitais e insinuava que queria algo” com ela.

Consta no boletim de ocorrência imagens da conversa entre os dois. Em uma delas, o homem manda uma figurinha pornográfica e ela responde: “De novo?” Já em outra investida, a mulher relata que a situação “já está estressante”. Ele, inclusive, chegou a oferecer casa para morarem juntos em um dos textos.

Na última quinta, após não corresponder ao assédio, ele demitiu a vítima e ainda disse que registraria uma ocorrência contra ela por difamação. Isso, porque, segundo a mulher, outra funcionária teria relatado ao proprietário da empresa o comportamento do gerente de RH.

A Polícia Civil investiga o caso como importunação sexual. Como a identidade do gerente não foi divulgada, não foi possível localizar a defesa dele para um posicionamento.

Fonte: Mais Goiás
Foto: Reprodução
Jornalismo Portal Pn7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE