Automóvel

Governo de Goiás vai autuar devedores do IPVA

Foto: Internet
Quatrocentos mil veículos em atraso...

A Secretaria da Economia vai autuar até o final deste mês, os proprietários de cerca de 400 mil veículos que estão em atraso com o IPVA, referentes aos exercícios de 2014 a 2018. De acordo com informações da Superintendência de Controle e Fiscalização (SCF), já foram enviadas 90 mil autuações neste mês, o restante será até 1º de novembro.

O contribuinte pode pagar normalmente dentro das regras, ou aproveitar os descontos da Semana de Conciliação Fiscal, que ocorrerá em três pontos de Goiânia e delegacias regionais de fiscalização do interior.

De acordo com o superintendente, Mário Bacelar, esses débitos somam R$ 200 milhões em valores originais. Bacelar explica, ainda, que após a autuação são acrescidos juros, correção monetária e multa por atraso, o que pode elevar em mais de 100% o valor do imposto.

Fora do período da Semana de Conciliação Fiscal as regras de pagamento estão previstas no artigo 71 do Código Tributário Estadual. O contribuinte pode ter desconto de até 60% no valor da multa se pagar até 30 dias da notificação, entre outras. Além disso, o débito pode ser parcelado até 12 vezes.

“Se o contribuinte optar por aproveitar os benefícios da Semana de Conciliação Fiscal, de 4 a 8 de novembro, ele poderá abater até 98% no valor da multa, entre outras vantagens”, ressaltou Bacelar.

Semana de Conciliação Fiscal

De 4 a 8 de novembro a Secretaria da Economia realizará a Semana de Conciliação Fiscal, em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás para IPVA e ITCD. Poderão ser negociados débitos com fato gerador ou infração ocorridos até dezembro de 2018.

O atendimento ao contribuinte será em três locais em Goiânia – no Detran e nos Shoppings Cidade Jardim e Passeio das Águas. Também haverá atendimento nas Delegacias Regionais de Fiscalização do interior, das 8h às 18h.

Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

Redação Portal PaNoRaMa

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Precisa de ajuda?