Escola da zona rural de Jataí continua em condições precárias mesmo após visita de prefeito e vereadores

Notícias Política

A escola municipal Nilo Lotticci está situada a cerca de 50 quilômetros de Jataí na região da Ariranha e foi fundada há mais ou menos 30 anos. Entretanto, após o prédio ter sido doado ao município, o mesmo passou por diversas improvisações para ser utilizado pelos alunos, já que a demanda aumentou cada vez mais. Atualmente, a escola atende cerca de 100 alunos, do Jardim de Infância ao Oitavo ano.

TEste 2020 aac

Por isso, os usuários da escola e moradores da região têm reivindicado diversas questões referentes principalmente à estrutura do local. De acordo com informações de alguns moradores, a escola não possui cozinha, refeitório, pátio e nem mesmo quadra de esportes e o restante da construção, como salas e secretarias estão em condições bastante precárias. Algumas salas, que já são bastante pequenas, são divididas em duas turmas, ou seja, o professor precisa dar aulas ao mesmo tempo para alunos que estão em anos escolares diferentes.

Outro problema enfrentado é o transporte público que é oferecido aos alunos do ensino médio que estudam em outras escolas do município ou na cidade. De acordo com mães de alguns alunos, o ônibus está em condições deterioradas e os estudantes gastam muito tempo nas viagens até a escola.

A construção de uma nova escola na região foi anunciada pelo poder público em setembro do ano passado, entretanto, a obra que é avaliada em quase um milhão de reais em parceria do governo federal com o municipal, teve sua construção paralisada em novembro de 2014 e o prazo de entrega, que era de março deste ano, já passou. Inclusive, no período do ano passado houve uma visita do prefeito e de alguns vereadores à escola, falando sobre a sua conclusão até o aniversário de Jataí deste ano, o que de fato não ocorreu.

Rosana de Carvalho com Inf. TV Jataí
Foto Capa: Reprodução/TV Jataí
Jornalismo Portal Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.