Empresário de Jataí recolhe moedas para ajudar pessoas com câncer

Empresário de Jataí recolhe moedas para ajudar pessoas com câncer

28 de julho de 2014 1 Por Vânia Santana

moedas-noticia-pn7-panoramaO empresário Agustinho Carvalho, que mora em Jataí, dedica parte do seu tempo para recolher fundos para o tratamento de pessoas com câncer.  Há oito meses, ele passa em diversos comércios da cidade, distribuindo pequenas latinhas que servem como um cofrinho, pedindo doações de moedas que são enviadas para o Hospital do Câncer de Barretos, no interior de São Paulo.

A ideia começou depois que seu pai, de 72 anos, lutou contra o câncer durante quase um ano. Todo o tratamento foi feito no município paulista. A convivência com pacientes e médicos inspiraram o empresário a começar a campanha. “Desde dezembro nós distribuímos os cofrinhos e, de acordo com que o pessoal vai ligando, a gente vai fazendo o rastreamento para fazer a coleta das moedinhas”, disse Agostinho.

O pai, que também se chama Agustinho Carvalho, faz parte do projeto. “É um trabalho muito gratificante, então a gente também se sente realizado de uma certa maneira, de poder ajudar. No hospital, eles atendem quatro mil pessoas por dia, e aquilo sensibiliza a gente. Não foi por mim, foi por aquelas pessoas que procuravam o hospital”, disse o aposentado.

As moedinhas são doadas tanto por comerciantes, quanto pelos clientes dos estabelecimentos. Quando a lata está cheia, os voluntários do projeto vão até o local, fazem a conferência das moedas junto com os donos e depositam o valor em uma conta do hospital. Desde que começaram o projeto, os voluntários já arrecadaram cerca de R$ 30 mil.

Depois de realizar a transferência, o empresário mostra os comprovantes bancários, para provar que todo o dinheiro coletado chegou ao destino certo. “Todos os dias eu lembro de colocar uma moeda dentro do cofrinho. Tem dia que eu estou indo embora, aí eu lembro, volto e coloco uma moeda. A gente também incentiva o cliente a doar também”, disse Madalena Carvalho, dona de uma padaria que participa do projeto.

Fonte: G1 / Foto: Reprodução TV Anhanguera