Como lidar com a insônia sem o uso de medicamentos?

Saúde e Bem Estar

Muitas pessoas sofrem com o distúrbio da insônia com alguns sintomas como por exemplo, quando o sono demora a chegar ou ao acordar durante a noite e sentir que o sono não foi reparador.

tonolucro

Existem diversos tipos de insônia e para cada um deles, um tratamento. Dá-se-aí a importância de identificar a causa para somente depois optar pelo remédio, já que a causa pode estar relacionada a uma série de fatores, sendo eles uma doença física, mental ou a um fator ambiental.

Insônias crônicas e agudas podem levar à perda de sono severa, o que pode desencadear consequências tanto a curto quanto em longo prazo. Para insônias mais calmas e brandas, é possível curá-las implementando pequenas mudanças no estilo de vida. Portanto, quando a insônia é considerada de um nível moderado à severo, o ideal é tentar soluções médicas ou medicina alternativa para curar a doença de uma vez por todas.

Existem alguns métodos e hábitos através dos quais as pessoas recebem bons resultados em combater a insônia sem o uso de medicação. Confira a seguir alguns deles:

1 – Evitar substâncias que piorem a insônia:

Estimulantes como a cafeína e tabaco são os maiores responsáveis pela insônia, portanto é importante evita-los ao menos oito horas antes da hora de dormir. Alguns medicamentos contra gripe e alergias podem ativar a insônia, então é importante trocar de medicamentos se este for o caso.

2 – Pratique atividades que ajudem a dormir:

Certas atividades como meditação, ioga, e relaxamento progressivo muscular podem fazer seu corpo relaxar naturalmente. Experimente fazer esses tipos de atividade uma hora mais ou menos antes de ir para a cama. Optar por ler um livro antes de dormir pode ser um método que ajude na produção do sono, porém se notar que acontece o contrário é bom evitar a leitura.

3 – Evite atividades que estimulem o cérebro:

Evite atividades que estimulem o cérebro, como assistir televisão ou ficar no computador. A luz brilhante dessas telas alteram os ritmos circadianos, que controlam o ciclo de dormir/acordar, fazendo com que fique mais difícil conseguir cair no sono.

4 – Fique fora da cama durante o dia:

A insônia pode fazer com que seja difícil permanecer acordado durante o dia, mas para poder curar tal doença, é necessário cortar a soneca da sua vida e levantar todos os dias bem cedo sem prolongar o sono até muito tarde. Dormir durante o dia faz com que seja mais difícil dormir à noite. Portanto se tiver que cochilar, é ideal limitar-se a 30 minutos e cochilar em torno das 3 horas da tarde.

5 – Não lanche a noite:

Comer uma hora ou duas antes de ir para a cama pode fazer com que seja mais difícil dormir. Refeições pesadas com muitas calorias são especialmente ruins para a insônia porque seu sistema digestivo e corpo têm que trabalhar mais para processar a comida enquanto você dorme. Se estiver com muita fome para conseguir cair no sono, é recomendado experimentar beber um copo d’água ou leite quente ao invés de comer alguma coisa. Esses líquidos podem ajudar a encher o estômago vazio sem causar problemas para o sono.

6 – Deixe o quarto mais confortável:

Insônia geralmente desaparece se você conseguir remover barulhos que lhe distraem e deixar o locam mais escuro e confortável. Ter uma cama confortável também é essencial. Caso não consiga deixar o quarto totalmente tranquilo, vale optar por usar tampões de ouvido para produzir o silêncio e cortinas de tons escuros para impedir que a luz de fora entre através das janelas.

Em fim, é importante perceber que várias técnicas, métodos e hábitos podem ser benefícios para tratar a insônia. Cabe a cada pessoa experimentá-las na medida do possível e identificar como o organismo reage. Se nenhum dos métodos der certo em ajudar, a melhor medida é procurar um medico, psicólogo ou profissional adequado que possa ajudar, ressaltando a aversão a medicamentos e o quanto gostaria de tornar o sono melhor sem eles.

Nayara Borges – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.