Bancários entram em greve em Jataí

Notícias Top Geral
A decisão foi tomada em assembleia realizada na última quinta feira (01) pelo Sindicato dos Bancários de Goiás. Foto: Alex Alves
A decisão foi tomada em assembleia realizada na última quinta feira (01) pelo Sindicato dos Bancários de Goiás. Foto: Alex Alves

No início da noite desta segunda feira (05), os clientes de algumas agências bancárias de Jataí se surpreenderam com faixas nas portas dos mesmos indicando o início da greve da categoria. Em todo o país, funcionários de instituições financeiras privadas, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e outras deliberaram pela decretação de greve por tempo indeterminado a partir desta terça feira (06).

A decisão foi tomada em assembleia realizada na última quinta feira (01) pelo Sindicato dos Bancários de Goiás, após rejeitarem a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenabran) de 5,5% de reajuste salarial, mais abono de R$ 2.500,00.

Ainda segundo o Sindicato da categoria, as principais reivindicações são “Reajuste salarial de 16% (reposição da inflação do período de setembro 2014 a agosto de 2015, mais 5% de aumento real); PLR equivalente a 3 salários mais R$7.246,82; Piso de R$ 3.299,66 (salário mínimo do Dieese, valor de junho); Vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá de R$788,00 ao mês; Melhores condições de trabalho; Fim das metas abusivas e do assédio moral; Isonomia entre os empregados pré e pós 1998 nos bancos públicos; Garantia do emprego; Fim das filas com mais contratações de bancários; Combate às terceirizações e luta contra a aprovação do PLC 30/15 no Senado Federal; Plano de Cargos e Salários (PCS) para todos os bancários; Igualdade de oportunidades com o fim das discriminações nos salários e na ascensão profissional de mulheres, negros, gays, lésbicas, transexuais e pessoas com deficiência (PCDs)”.

Rosana de Carvalho
Fotos: Alex Alves
Jornalismo Portal Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.