Agora é Lei

Agora é Lei: É permitido a internação involuntária de usuários de drogas

A família ou representante legal pode pedir a interrupção quando achar necessário

A Lei 13.840/19 aprovada pelo atual presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL), altera a Lei 11.343/06 antidrogas. Foi sancionada contendo alguns vetos por parte do presidente.

A nova roupagem da lei, tem como principal mudança a possibilidade de internação involuntária daquele que for dependente químico, claro, mediante parecer médico competente declarando tal necessidade.

Entretanto, a família ou qualquer outro representante legal pode pedir , em qualquer momento, a interrupção do tratamento para o médico responsável.

A internação involuntária para usuários de drogas será indicada quando não houver nenhum outro meio terapêutico para ser utilizado.

Conta ainda com um prazo de 90 dias, que se estenderá conforme a necessidade à desintoxicação.

Do projeto original da lei, foi vetado pelo presidente, a parte que habilita o tratamento em comunidades terapêuticas acolhedoras, isso pois , segundo Bolsonaro, fere o direito fundamental à saúde.

Carolina Craveiro Carvalho
Foto capa:Internet
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

Redação Portal PaNoRaMa

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Precisa de ajuda?
Powered by