Saúde e Bem Estar Top Geral

Você acha que está perdendo cílios e sobrancelha além da conta?

Saiba em qual momento isso deve preocupar e quais cuidados tomar com procedimentos estéticos nessas áreas, como extensão de cílios e micropigmentação

Uma queda acentuada de cabelo é fácil de perceber, os fios se espalham por todo canto. Mas você consegue identificar se está perdendo cílios e sobrancelha além da conta? Geralmente, as pessoas só prestam atenção quando restam poucos fios nessas áreas.

De acordo com Ana Carina Junqueira, médica tricologista (área que cuida dos pelos e cabelos do corpo) , é normal passar por uma troca de cílios e sobrancelhas.

“Assim como as folhas de uma árvore, eles têm um ciclo: nascem, atingem a idade infantil, depois a adulta e chegam à velhice. Aí, caem”, diz. “Essa queda natural tem alta reposição. Ou seja, é tão automática e sequencial que não é possível notar falhas”, acrescenta a médica.

Porém, há problema quando a queda gera falhas visíveis. A dificuldade do organismo para repor os fios pode sinalizar problemas hormonais ou nutricionais, e até mesmo de doenças autoimunes.

“Muitas vezes essa queda de cílios e sobrancelhas é a ponta do iceberg. Cabe investigar”, destaca a tricologista.

Alguns cuidados com procedimentos estéticos são essenciais para evitar a queda

Muitas vezes, a queda de cílios e sobrancelha não tem a ver com questões fisiológicas, mas com procedimentos estéticos arriscados. Saiba como evitar:

Extensão de cílios

Esse procedimento pretende dar efeito de maior volume aos cílios através de pelos sintéticos que são grudados nos originais.

Segundo Ana, essa técnica é perigosa por dois motivos. O primeiro está relacionado à cola usada no processo: “Algumas são capazes de gerar dermatite e irritações na pálpebra, ocasionando danos definitivos”, conta.

“Antes de aplicar, é preciso confirmar se o produto não causará alergia. Para isso, basta grudar os cílios artificiais só no cantinho e esperar uma semana. Se não houver reações, pode colocar na área inteira”, aconselha a tricologista.

Além disso, existe a perda por trauma, que é a remoção, junto com os cílios postiços, dos cílios de verdade. Mesmo que a cola usada seja adequada.

“O correto é esperar a data de manutenção e retirar a extensão com o profissional que a colocou, porque eles têm produtos certos para realizar a remoção”, recomenda Ana.

Micropigmentação

A médica explica que o procedimento deve ser realizado com muito critério, preferencialmente para quem não possui fios nessa área.

Para quem tem, a pigmentação aumenta o risco de perda natural dos fios. Isso porque, ela pode machucar o folículo piloso, e por conta do trauma, novos fios deixam de crescer.

Não aposte em receitas caseiras! Procure um especialista

Se você quer incentivar o crescimento de mais fios nessas regiões, passe longe de receitas caseiras!

“Há o risco de aplicar algo que, além de não funcionar, provoca dermatite e resulta em uma perda ainda maior. Fora o grande perigo de sofrer uma lesão ocular”, acrescenta a médica.

O caminho mais seguro e eficaz é buscar a ajuda de um especialista. Até porque a escolha do tratamento está atrelada à descoberta da causa da queda. E só um expert para defini-la.

Larissa Pedriel
Fonte: Revista Saúde Abril
Foto Capa: Internet
Redação Portal Panorama
panorama.not.br

Enquete:

O Panorama quer saber a sua opinião: Educação sexual nas escolas de Jataí. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...