O abate de bovinos chegou a 7,72 milhões de cabeças no segundo trimestre deste ano, crescimento de 4% em comparação com o mesmo período de 2017, indicam as Pesquisas Trimestrais da Pecuária, publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (12).

O aumento no abate de bovinos – de 296,51 mil cabeças – foi registrado em 15 das 27 unidades da Federação. Mato Grosso lidera o abate de bovinos, com 15,1% da participação nacional, seguido por Mato Grosso do Sul (10,5%) e Goiás (10,4%).

Da mesma forma, o abate de suínos subiu 1,9% em relação ao mesmo período de 2017, totalizando 10,82 milhões de cabeças e aumentos em 14 de 25 estados avaliados. A produção de ovos de galinha obteve resultado histórico, 874,40 milhões de dúzias, com crescimento de 2,0% frente ao segundo trimestre do ano passado.

Fontes: IBGE e Agência Brasil
Foto Capa: Arquivo Portal Panorama
Jornalismo Portal Panorama

26Shares

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui