Galeria de Vídeos Polícia / Bombeiro

Vigilante de cooperativa de crédito é preso, após saidinha de banco, em Jataí

Além do segurança, outro envolvido foi preso pela Polícia Civil, que só apresentará resultado as investigação na manhã desta quarta-feira (30); mais pessoas podem ser presas a qualquer momento

Duas pessoas foram presas, na tarde desta quarta-feira (30), suspeitas de envolvimento na saidinha de banco em Jataí, ocorrida na tarde desta terça-feira (29). De acordo com a Polícia Civil, um dos presos é vigilante da cooperativa de crédito, conhecido como Alex (Vídeo).

De acordo com o delegado, Dannilo Proto, o vigilante teria repassado informações de movimentação de clientes da cooperativa para os comparsas. O outro preso, que não teve a identidade divulgada, teria dado suporte para a realização do crime. O delegado conta que ainda ocorrem diligências, para encontrar mais informações que ajudem nas investigações da corporação, assim como a prisão de demais envolvidos.

VÍDEO: Dupla armada rouba malote de 30 mil na frente de banco

Por meio de nota, a empresa Proforte comunicou que “colabora com as autoridades e está acompanhando de perto os desdobramentos da investigação”.

O CRIME

Câmeras de monitoramento flagraram um assalto no início da tarde desta terça-feira (29). A saidinha de banco aconteceu em uma das avenidas mais movimentadas de Jataí. As vítimas tentaram se esquivar de uma dupla criminosa, mas os bandidos seguiram e concluíram o crime.

O serviço de monitoramento de uma empresa, mostra quando uma dupla de bandidos, em uma moto de cor preta sai da Avenida Benjamin Constant e invade a contramão da Avenida Veriano de Oliveira Lima (Av. Rio Verde), no Setor Santa Maria. Eles param ao lado de uma SUV Mitsubishi Pajero.

Quem está no interior do carro se assusta, e arranca o veículo, o carro só para quando bate em uma clinica. Outras imagens, feitas por testemunhas que gravaram a ação, mostram quando uma das vítimas já está caída no chão, e um dos bandidos, com uma arma, pega um objeto no interior do veículo. Testemunhas contaram que os ocupantes do carro haviam sacado um valor, minutos antes, em uma agência de uma cooperativa de crédito.

O valor, no entanto, não foi confirmado pelas autoridades locais. Uma testemunha disse que um dos ocupantes do carro chegou a ser socorrido a uma unidade hospitalar, mas ainda não há confirmação do estado de saúde dele.