Top Geral

Tarifas da Celg D devem subir até 15% em outubro

A conta de energia elétrica em Goiás deverá subir até 15% em média no próximo mês, segundo informações do setor, no reajuste anual das tarifas da Celg D...

A conta de energia elétrica em Goiás deverá subir até 15% em média no próximo mês, segundo informações do setor, no reajuste anual das tarifas da Celg D.

Detalhe: está é a boa notícia, porque o aumento poderia ser maior, mas a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adiou para outubro de 2018 a primeira revisão tarifária da empresa depois de privatizada.

Os reajustes ordinários ocorrem todos os anos e levam em conta, além da inflação, diversos custos da concessionária, como variação de preços com a compra de energia elétrica de Furnas, por exemplo. Só nesta semana a Aneel autorizou aumentos nas tarifas das concessionárias de Alagoas e Piauí acima de 21%.

Já a revisão tarifária acontece a cada cinco anos para amortizar os investimentos da empresa, o que acarreta num aumento maior das tarifas.

O pedido de adiamento da revisão foi feito pela própria Enel Brasil, que alegou precisar de tempo maior para uma apuração mais confiável dos ativos da Celg D.

A multinacional italiana informou que tem investido R$ 360 milhões neste ano na rede de energia em Goiás.

Fonte: O Popular
Jornalismo Portal Panorama

Receba as principais notícias do dia

Abrir conversa
Precisa de ajuda?