Seis regiões de Goiás estão com picos de casos da 2ª onda de Covid-19 próximos da 1ª

Saúde e Bem Estar Top Destaque

Seis regiões do Estado são consideradas mais críticas pelo governo nesta segunda onda da pandemia de Covid-19, sendo que em três delas os gráficos apresentados pela SES na reunião do Caiado com prefeitos e autoridades os picos de casos por semana epidemiológica já são maiores do que na primeira onda.

CAT- Saúde

As três regiões com a segunda onda pior que a primeira são: Estrada de Ferro, São Patrício I e Norte. As outras três consideradas críticas pelo Estado são Rio Vermelho, Oeste I e Nordeste II.

Uma nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) com recomendações sanitárias aos gestores municipais foi emitida nesta terça-feira (16). O documento dividiu os municípios em 18 regionais e estabeleceu três estágios para as cidades: situação de alerta, situação crítica e situação de calamidade. A intenção é que estes níveis orientem os gestores dos municípios em relação à restrição de atividades.

Vermelho: Situação de Calamidade; Laranja: Situação Crítica; Amarelo: Situação de Alerta (Foto: Reprodução)

Fonte: O Popular
Foto Capa: Reprodução / Pixabay
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.