Agronegócio Top Destaque

Presidente do Sindicato Rural afirma ter a intenção de dar continuidade a Expaja

Foto: Vânia Santana
A decisão vai contra o que almeja o Ministério Público de Goiás

Apesar da ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público de Goiás, na semana passada, alegando gastos consideráveis na organização da Exposição Agropecuária de Jataí, a administração do evento tem total intuito de dar procedência e realizar mais uma edição.

Leia também: Ministério Público de Goiás pede que Expaja não use dinheiro público

A declaração veio à público por meio do presidente do Sindicato Rural, Vítor Geraldo Gaiardo, em entrevista à uma rádio local. Gaiardo elencou que o problema da saúde assola o Brasil como um todo e que há lugares em que a situação está ainda mais crítica.

Ressaltou também, que a Expaja, por ser um evento aberto ao público, abrange todas as classes sociais e atende ao pedido daqueles que não têm condição de pagar por outros eventos culturais e mesmo assim têm o direito ao acesso à lazer e diversão.

Desta maneira, segundo ele, é preferível que o município arque com tal despesa e ofereça aos cidadãos um momento de celebração e comunhão familiar atrelada à cultura local.

A  Exposição Agropecuária é um evento tradicionalíssimo jataiense, entretanto, espera-se um parecer oficial de quais medidas serão tomadas e o que será decidido por parte dos órgãos administrativos superiores.

Carolina Craveiro Carvalho
Foto Capa: Vânia Santana
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

Enquete:

O Panorama quer saber a sua opinião: Educação sexual nas escolas de Jataí. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...