Presidente da OAB confirma Assembleia para sediar debate sobre reforma política

Sem categoria

O deputado Luis Cesar Bueno (PT) reuniu-se com o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcos Vinicius Furtado Coêlho, para discutir o calendário nacional de mobilização para a reforma política.

A campanha pela reforma foi iniciada pela OAB e visa colher o maior número possível de assinaturas para a elaboração do anteprojeto de lei de iniciativa popular que será enviado à Câmara, ao Senado, aos presidentes das Comissões de Constituição e Justiça e aos líderes partidários.

O deputado petista conseguiu incluir a Assembleia Legislativa de Goiás no calendário nacional para sediar o debate.  A data, ainda a definir, será logo após o período de carnaval.

“O Brasil necessita de uma profunda reforma política democrática para assegurar a igualdade de condições entre os candidatos, fortalecer e democratizar os partidos políticos, estimular o debate programático, diminuir os custos de campanhas eleitorais, conter o abuso de poder político ou econômico e proteger a probidade administrativa”, disse Marcus Vinicius.

Durante o encontro, Luis Cesar Bueno aproveitou para entregar o autógrafo de lei nº 335/2014 que concede o título de Cidadão Goiano ao presidente da OAB Nacional. O projeto de lei foi apresentado e aprovado por unanimidade na Casa. A entrega do título será realizada em sessão solene na Assembleia Legislativa logo após o debate em defesa da reforma política.

A reunião foi realizada na sede da OAB Nacional, no Distrito Federal, e contou com as presenças do chefe da Assessoria Especial da Secretaria-geral da Presidência da República, Delcimar Pires, da presidente da OAB/GO – seção Jataí, Simone Oliveira, do presidente da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Federal da OAB, Bruno Pena, e do membro da Associação Goiana dos Advogados Trabalhistas, Eliomar Pires.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.