Notícias Top Destaque

Prefeitura constrói sepulturas na calçada em Goianira

A Prefeitura de Goinira tem realizado obra para construir cerca de 50 de novas sepulturas na calçada do cemitério municipal da cidade. (Foto: reprodução/redes sociais)
Cemitério, que já tem histórico de lotação, possui 40 vagas para sepultamento atualmente. Prefeitura diz que novas covas visam prevenir eventual emergência...

A construção de novas sepulturas no cemitério municipal de Goianira está dando o que falar. Isso porque as covas estão sendo construídas na calçada e ocupando o espaço destinado à pedestres. A Prefeitura diz que medida não prejudica a população e é uma forma emergencial de prevenir eventual lotação. Moradores da cidade afirmam que problema no local é antigo e reclamam de descaso do poder público.

Atualmente, o cemitério localizado no Setor Parque das Camélias possui cerca de 40 vagas para sepultamento. Temendo situação de emergência, a gestão municipal resolveu ocupar 1,5 metro da calçada para abrir 50 novas gavetas. O prefeito Carlos Alberto Andrade Oliveira (PSDB), mais conhecido como Carlão, explica que os pedestres não ficarão prejudicados e que a medida não vai impactar negativamente a população.

“A calçada possui 7 metros e vamos ocupar, temporariamente, 1,5 metro do espaço. Essa expansão é provisória. A Prefeitura já está trabalhando na construção de um novo cemitério, mas as licenças ambientais e outras questões burocráticas ainda não foram resolvidas. É uma medida simples, que não vai gerar nenhum transtorno”, garantiu.

Carlão relata que a expansão visa evitar um possível caos caso o número de mortes por covid-19 ou por outras causas aumente na cidade. “Por enquanto está tudo normal. Tivemos seis mortes pelo novo coronavírus. Queremos apenas precaver uma eventual emergência”. Cidade também possui 322 casos confirmados da doença.

O gestor salienta, ainda, que as novas covas estão feitas dentro do terreno reservado para os sepultamentos. Segundo o prefeito, o novo cemitério deve ser construído em cerca de 60 dias, período em que a Prefeitura deve conseguir as licenças necessárias.

Críticas

Moradores da cidade, que residem nas proximidades do cemitério, afirmam que o problema no local é antigo. Segundo Maria Luiza, de 35 anos, a gestão passada anunciou um terreno para servir como cemitério. Apesar disso, conforme a mulher, poucas pessoas foram sepultadas no local que está abandonado.

“Não é de agora esse problema. Aqui em Goianira a gente diz que não pode morrer. Tem gente que perde o parente e ainda tem que sofrer para conseguir um local para enterrar. É muito descaso com a população. O prefeito prometeu que resolveria e agora além de não resolver realmente a situação porque são poucos espaços, ainda atrapalha o povo a andar ocupando a calçada”, afirmou.

Para o proprietário de um estabelecimento localizado em uma rua paralela ao cemitério municipal, a medida da prefeitura é “irresponsável e sem eficácia”. “Todo mundo já percebeu que o lugar não tem capacidade de ampliação mais. A gestão está fazendo um remendo, sem contar que ali passa a rede de esgoto e energia elétrica, além de atrapalhar a mobilidade. A cidade precisa de um novo cemitério e não de reparos que não resolvem”, criticou.

Cobrança

O Ministério Público de Goiás (MP-GO), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Goianira, aguarda, desde 8 de maio, informações da prefeitura sobre as providências adotadas para a implantação do novo cemitério municipal. Sem retorno, a promotora Renata de Matos Lacerda reiterou o pedido em novo ofício, no dia 30 de junho. O órgão ainda não obteve resposta.

Em setembro de 2017, o MP já havia instaurado inquérito civil público para fiscalizar a implementação de um novo cemitério municipal, que seria construído na Fazenda Recanto dos Fernandes, entre os loteamentos Nova Goianira e Los Angeles.

Fonte: Mais Goiás
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

mm

Redação Portal PaNoRaMa

O Portal PaNoRaMa um dos pioneiros na área de cobertura de eventos e notícias de Jataí - Goiás, lançando uma forma única de trabalho e divulgação.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as principais notícias do dia

Abrir conversa
Precisa de ajuda?