Política Top Destaque

Mauro Bento pede afastamento da Presidência da Câmara Municipal de Jataí

Foto: Vânia Santana / CMJ
O pedido se deve à ação judicial que corre contra ele, pelo Ministério Público

O vereador Mauro Bento Filho protocolou, nesta sexta-feira (05), um requerimento em que solicita seu afastamento da mesa diretora da Câmara Municipal de Jataí pelo período de 30 dias.

O documento será apresentado ao plenário na sessão ordinária da próxima terça-feira, dia 9. Caso seja aprovado pela maioria dos parlamentares, a presidência da mesa diretora passará a ser exercida pela vice-presidente Kátia Carvalho.

Lembrando que, o mesmo pediu afastamento apenas  da Presidência, ou seja, continuará a exercer suas funções como vereador até que decisão judicial diga o contrário.

O pedido se deve à ação judicial que corre contra ele, pelo Ministério Público. Segundo a mesma, o vereador e o ex-servidor da Câmara, Eurípedes Ferreira Marques, tiveram enriquecimento ilícito e praticaram atos em ofensa aos princípios da administração pública, desde janeiro de 2009.

“Como é de conhecimento de todos a existência de um procedimento administrativo sobre a apuração de suposta ocorrência de ‘servidor fantasma’ na Câmara Municipal de Jataí e devolução de valores, fato este referente aos anos anteriores a 2014 – portanto, ocorrido em período distinto da atual presidência da Câmara, julgo prudente o presente pedido”, afirmou o parlamentar no requerimento.

“Desta forma, com a finalidade de em nada poder ser questionado da lisura desta presidência, bem como do discurso quanto à possibilidade de influenciar e obstruir as investigações, venho requerer o meu afastamento por delegação, conforme Artigo 20, parágrafo primeiro do Regimento Interno desta Casa”, prosseguiu Mauro Filho. “Consequentemente, para melhor apuração das investigações que se possa ser feito pelos órgãos de controle, me comprometo a não adentrar o controle interno, bem como a presidência interinamente, procedendo apenas com as funções que me são legítimas de vereador desta casa, me desincumbindo de qualquer questão administrativa”.

O Pedido de Afastamento por delegação de competência própria pelo período de 30 dias passa a valer a partir da aprovação em plenário. Assim que for aceita a proposição, será transferida à vice-presidente Kátia Carvalho a plenitude das respectivas funções desempenhadas pelo atual presidente.

Larissa Pedriel
Foto Capa: Vânia Santana
Jornalismo Portal Panorama