Epidemia de arboviroses e manutenção emergencial agravam crise na instituição de saúde

Por Nalanda Gabrielle, do Portal Pn7
Foto: Vânia Santana – Portal Pn7

O Hospital Estadual de Jataí Dr. Serafim de Carvalho (HEJ) tem enfrentado nos últimos dias uma situação crítica de superlotação, resultante da epidemia de arboviroses, como Dengue e Chikungunya, que assola a região. Pacientes que buscam atendimento médico têm enfrentado longas esperas, refletindo a alta demanda e a necessidade de priorização dos casos mais graves.

Através de nota oficial, a Assessoria de Comunicação do HEJ esclareceu que a unidade está operando em sua capacidade máxima, atendendo toda a demanda do Complexo Regulador Estadual de forma ininterrupta. A priorização dos pacientes é realizada conforme a triagem pela Classificação de Manchester, garantindo que os casos mais urgentes recebam atendimento imediato.

Além disso, a situação foi agravada pela necessidade de manutenção emergencial na mesa de tomografia. Durante esse período, os pacientes estão sendo encaminhados para realizar tomografias em um hospital de retaguarda, o que prolonga o tempo para realização do exame e exige reavaliação.

Em resposta a essa situação desafiadora, o HEJ anunciou um processo seletivo para a contratação de mais profissionais para a equipe de enfermagem do pronto-socorro, visando reduzir o tempo de resposta para medicação prescrita e outros atendimentos.

Segue a íntegra da nota emitida pela Assessoria de Comunicação do Hospital Estadual de Jataí:

“Informamos que o Hospital Estadual Jataí encontra-se em superlotação, vivenciando epidemia de arbovirose (Dengue e Chikungunya) e atendendo toda demanda do Complexo Regulador Estadual ininterruptamente. Os pacientes são assistidos sob prioridade conforme triagem pela Classificação de Manchester, em que os casos mais graves e urgentes são atendidos primeiro.

Ainda, a mesa da tomografia precisou passar por manutenção emergencial, que está em andamento. Neste ínterim, os pacientes estão realizando as tomografias no hospital de retaguarda, exigindo transporte a outra unidade e reavaliação, o que gera um tempo maior para a realização do exame.

Reforçamos que o HEJ é uma unidade porta aberta com grande fluxo de pacientes vindos de toda a região Sudoeste do estado de Goiás e busca atualizações e ajustes constantes para oferecer o melhor cuidado e conforto para os usuários. Neste sentido, há um processo seletivo aberto para contração de mais profissionais para a equipe de enfermagem do pronto socorro, afim de reduzir o tempo de reposta para mediação prescrita e outros atendimentos.

Assessoria de Comunicação do Hospital Estadual de Jataí”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE