28 de fevereiro de 2024
Duas pessoas morreram carbonizadas e três ficaram feridas em um gravíssimo acidente de trânsito envolvendo um cavalinho de carreta, cor branca, com placas de Mineiros e uma caminhonete S10, cor branca, placas de Macapá (AP), no quilômetro 336 da BR-364.
A colisão ocorreu há aproximadamente 40 km de Mineiros, na rodovia que liga as cidades de Santa Rita do Araguaia e Mineiros, na manhã deste domingo (9/11).
A colisão ocorreu há aproximadamente 40 km de Mineiros, na rodovia que liga as cidades de Santa Rita do Araguaia e Mineiros, na manhã deste domingo (9/11).

Duas pessoas morreram carbonizadas e três ficaram feridas em um gravíssimo acidente de trânsito envolvendo um cavalinho de carreta, cor branca, com placas de Mineiros e uma caminhonete S10, cor branca, placas de Macapá (AP), no quilômetro 336 da BR-364.

A colisão ocorreu há aproximadamente 40 km de Mineiros, na rodovia que liga as cidades de Santa Rita do Araguaia e Mineiros, na manhã deste domingo (9/11).

De acordo com as informações do sargento Rubson do Corpo de Bombeiros de Mineiros, as duas vítimas carbonizadas são ocupantes da caminhonete S10, e as outras três vítimas são ocupantes do cavalinho da carreta, sendo o motorista, o filho e seu sobrinho, ambos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com ferimentos aparentemente leves e sem gravidades e encaminhados a uma unidade hospitalar de Mineiros.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) estará apurando as informações para descobrir a causa do acidente, mas, as informações preliminares dos familiares das vítimas feridas, são de que possivelmente o motorista da caminhonete S10, tenha dormido ao volante e se chocado com o cavalinho da carreta.

Os corpos das vítimas carbonizadas ainda não foram identificados e serão encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Jataí.

Marcelo Justo / R. Eldorado – Imagens recebida via whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE