Fabiano Falqueto está preso suspeito de pagar R$18.000,00 pelo assassinato de sua namorada Tatylla Marçal

Fabiano Falqueto está preso suspeito de pagar R$18.000,00 pelo assassinato de sua namorada Tatylla Marçal

8 de maio de 2014 1 Por Redação Portal PaNoRaMa

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_facebook type=”standard”][/vc_column][/vc_row]

Fabiano Falqueto está preso suspeito de pagar R$18.000,00 pelo assassinato de sua namorada Tatylla Marçal

Fabiano Falqueto está preso suspeito de pagar R$18.000,00 pelo assassinato de sua namorada Tatylla Marçal – Foto: Arquivo Site PaNoRaMa

O caso da jovem assassinada, Tatylla Cristina Marçal da Silva (24 anos), finalmente ganha uma resposta sobre o que aconteceu e quem praticaram o crime e assassinato tão bárbaro.

Fabiano Falqueto que estava sendo julgado pela população e era o principal suspeito na ação do crime, concedeu entrevista à mídia falando sobre a morte da namorada, se inocentando diante da sociedade e ainda compareceu ao enterro da jovem.

Durante esse tempo e com o caso aparentemente “parado” para a população, as linhas investigativas da Polícia Civil continuaram e na tarde desta quinta-feira, 08 de maio, a mesma acaba de desvendar o assassinato de Tatylla.

O delegado Agnaldo Coelho, e agentes da polícia civil, cumpriram mandato de prisão contra Fabiano Falqueto, empresário e proprietário da rede de academias Liberty de Jataí. Todos os envolvidos já foram identificados pela polícia e podem ser presos a qualquer momento.

Foi confirmado o envolvimento de Fabiano como mandante do crime, após ter sido concedido um depoimento importante de uma pessoa envolvida diretamente na ação dos fatos, a qual testemunhou a contratação pelo mesmo, dessas pessoas de Jataí que estão envolvidas no crime.

Segundo primeiras informações repassadas pelo delegado Dr. André Fernandes, Tatylla fora sequestrada na noite de domingo ao sair da igreja, quando a levaram para um hotel em Goiânia, aonde chegaram pela madrugada e na segunda pela manhã consumaram o crime. A imagem divulgada dos dois rapazes juntos de Tatylla é do hotel no qual ela ficou sequestrada até o momento de sua morte.

As pessoas envolvidas no crime, de acordo com informações, são 4, as mesmas são de Jataí e receberam uma quantia de 18 mil reais para praticar o crime.

A quadrilha que fora encontrada com o carro de Tatylla, a princípio não parece ter envolvimento com o crime, apenas com a receptação do veículo.

Segundo informações concedidas pelo delegado regional de Jataí Dr. André Fernandes, até concretizar as provas do crime, Fabiano Falqueto permanecerá preso durante 30 dias.

Nayara Borges / Foto: Site PaNoRaMa – Site PaNoRaMa

LEIA MAIS: Entrevista com o Delegado Regional de Jataí Dr. André Fernandes sobre o caso de Tatylla.