Galeria de Vídeos Polícia / Bombeiro

Delegado fala sobre crime de importunação sexual que ocorreu em Jataí

Segundo o delegado Agnaldo Coelho Alves, as adolescentes, de 12 e 15 anos, relataram em depoimento que estavam no quarto quando ouviram um barulho vindo do quintal da casa. As garotas chamaram a mãe, que viu que o homem estava sobre uma escada, observando as menores e praticando o ato libidinoso.

Carlos Antônio Martins (vulgo mezica) de 59 anos foi agredido por populares após ser flagrado se masturbando próximo a janela do quarto de duas adolescentes, que são suas vizinhas. O caso aconteceu nesta terça-feira (18) no Setor Cidade Jardim I, em Jataí.

Segundo o delegado Agnaldo Coelho Alves, as adolescentes, de 12 e 15 anos, relataram em depoimento que estavam no quarto quando ouviram um barulho vindo do quintal da casa. As garotas chamaram a mãe, que viu que o homem estava sobre uma escada, observando as menores e praticando o ato libidinoso.

“Uma das adolescentes gritou e o pai, junto com outros populares, correram atrás do homem e conseguiram alcançá-lo e começaram a agredi-lo. Quando os policiais chegaram, encontraram o homem muito machucado, principalmente com lesões no rosto”, conta o delegado.

O resgate foi acionado e o homem foi encaminhado para o Hospital das Clínicas da cidade. Agnaldo informou que esteve na unidade hospital ontem e o homem estava internado em observação e que não corria risco de morte.

Segundo o delegado, houve a instauração do inquérito e as vítimas foram ouvidas. O homem não possui registros criminais e o mesmo deve ser apresentado na delegacia a qualquer momento para a oitiva sobre o crime de importunação sexual. De acordo com o Agnaldo, se condenado, ele pode pegar de 1 a 5 anos de prisão.

 

Enquete:

Jataí pode ter até 17 vereadores. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...