Por que se emocionar com o filme “A culpa é das estrelas”?

Notícias Top Geral

O filme, adaptado do romance de mesmo nome do autor John Green, que foi lançado em junho desse ano, foi sem dúvida, um sucesso já esperado. Conta a história de Hazel Grace (Shailene Woodley) com um câncer avançado nos pulmões e Augustus, Gus, Waters (Ansel Elgort), com uma perna amputada por conta de um osteossarcoma, que se conhecem em um grupo de apoio e começam um romance. Ao ler o livro, que por sinal possui uma linguagem simples, mas na medida certa para levar o leitor para dentro da história, torna-se praticamente impossível não se emocionar.

Sem nem mesmo contar o enredo, já é de se esperar que é um livro que vai te deixar com os olhos marejados, porém, vai conseguir ao mesmo tempo te mostrar o quanto vale a pena viver cada segundo, principalmente ao lado de quem vale a pena. O mesmo acontece com o filme, muito bem produzido e com atores do cenário indie que se encaixaram perfeitamente nos personagens.

Trata-se de uma história inspiradora naturalmente, mas que consegue ser cruel, quando pensamos por que as coisas podem terminar de uma maneira que não desejamos, mas que é inevitável. Tanto ao ler quanto assistir ao filme vai fazer você simplesmente falar “Ok!” no final e para quem ainda não conhece, saiba que esta é a declaração de amor que mais se encaixa na história de Hazel e Gus.

Com tanto sucesso assim, já era de se esperar que a trilha sonora fosse igualmente marcante. E realmente consegue se adequar a cada situação do filme. Composta por músicas basicamente folk e com ênfase a jovens cantores como Ed Sheeran, Jake Bugg e Birdy e com destaque para as músicas “All of the stars – Ed Sheeran”, feita exclusivamente para compor a trilha sonora, “Simple as this – Jake Bugg e “Let me in – Grouplove”, também exclusiva para este filme.

Para ouvir a trilha sonora, clique aqui.

Por isso, não se espante, se de uma hora para outra você simplesmente se emocionar com a delicadeza e profundidade que uma história bem contada pode provocar.

Rosana de Carvalho – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.