Instabilidades seguem atuando com força sobre áreas centrais do Brasil. Localidades da região Centro-Oeste do país devem receber chuvas de fraca a moderada intensidade, com chances de raios, segundo informa a Climatempo.

Em áreas na divisa com o Paraná e triângulo mineiro, o tempo fica mais aberto e com predomínio de sol. Essa condição alivia as preocupações de produtores paranaenses, que têm relatado que as chuvas recentes prejudicaram o avanço do plantio.

“Uma área de baixa pressão no interior do continente ajuda a formar e espalhar nuvens muito carregadas no norte de Mato Grosso do Sul, sul e leste de Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal”, noticiou a empresa meteorológica.

Com essa condição meteorológica, nessas localidades, há risco de chuva forte e volumosa durante o dia, principalmente durante a tarde. As rajadas de vento podem alcançar até 70 km/h em algumas localidades da região.

Nos últimos dias, de acordo com Daniel Latorraca Ferreira, superintendente do Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia agropecuária), as condições climáticas no estado produtor eram favoráveis os trabalhos da soja no estado, com cerca de 50% da área plantada.

Já no Paraná, as chuvas nos últimos dias têm atrapalhado o avanço dos trabalhos no campo. Na semana passada, segundo o Deral (Departamento de Economia Rural) do estado paranaense, os trabalhos no campo do estado estão em cerca de 65% da área. No ano passado, o plantio da oleaginosa estava em 73%.

A tendência é de tempo bastante instável nos próximos dias na região. “Uma convergência de ventos em baixos e médios níveis da atmosfera associado ao calor e alta umidade irão favorecer a formação de grandes núcleos de nuvens pesadas de chuva”, informou a Climatempo.

De acordo com dados do Inmet, cidades da faixa central do Brasil registraram altos acumulados na última segunda feira (05). Os cinco maiores foram em Ituverava (SP): 116,8 mm, Mantena (MG): 113,4 mm, Gurupi (TO): 91,2 mm, Itumbiara (GO): 73,2 mm, Humaita (AM): 71,0 mm.

Fonte: Noticias Agrícolas
Foto Capa: Vânia Santana
Jornalismo Portal Panorama

48Shares

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui