Após matéria sobre obras inacabadas de escola rural, prefeitura dá seu posicionamento

Notícias Top Geral

Após questionamentos de moradores da região da Ariranha e a publicação da matéria “Escola da zona rural de Jataí continua em condições precárias mesmo após visita de prefeito e vereadores” no site Panorama, a prefeitura municipal publicou um informe justificando a não conclusão das obras.

De acordo com ela, a paralisação dos trabalhos de construção da nova escola ocorreu devido a empresa vencedora da licitação, Celiomar Câmara Lopes M.E da cidade de Acreúna, ter abandonado a mesma.

Ainda no informe, a prefeitura argumenta que as obras tiveram início em setembro de 2014 e pelo contrato entre a prefeitura e construtora, o prazo para o término seria de 180 dias. Entretanto, após os serviços de fundação, a empresa abandonou a obra. Por conta disso, a prefeitura procurou a construtora por diversas vezes, não obtendo sucesso. Dessa forma, depois de expirados todos os prazos legais, no início do mês de junho, ocorreu a rescisão unilateral do contrato, por meio do decreto 1.561.

Por fim, o poder executivo municipal garante que o pagamento de todas as obras públicas licitadas, é feito às empresas somente após a conclusão dos serviços, por meio de medições. Levando em consideração este fato, a prefeitura afirma que não houve prejuízos ao erário público, já que a empresa recebeu apenas pelo serviço que executou. Para o início do mês de agosto, está marcada uma nova licitação.

Rosana de Carvalho – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.