Polícia / Bombeiro Top Destaque

Aliciador de menor é preso após mãe da vítima denunciá-lo à PM de Caiapônia

O suspeito estava na porta da casa do menor quando mãe ligou para a polícia. Homem já é 'figura carimbada' da polícia da cidade por outros crimes...

Na última sexta-feira (04), a Polícia Militar de Caiapônia, cidade a 335 quilômetros de Goiânia, prendeu E.B.J., acusado de assediar um menor de 11 anos. A denúncia foi feita pela própria mãe da criança. Tenente Dayan, Comandante da PM da cidade, esclareceu o ocorrido.

“A mãe do menor relatou que o suspeito estava em sua motocicleta buzinando no portão de sua casa com a intenção de chamar seu filho para irem para uma cachoeira. Ela então comunicou à polícia através do 190, repassando as características de E.B.J.. Em patrulhamento realizado nas mediações, localizamos o autor e realizamos a abordagem”, relata.

De acordo com Dayan, o suspeito estaria assediando a criança por meio do WhatsApp, após iniciarem uma conversa pelo Facebook. A PM evidenciou a conversa via aplicativo, constatando assim o crime conforme previsto no Art. 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente: aliciar, assediar, instigar por qualquer meio de comunicação a criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso.

“No celular do suspeito foram encontrados arquivos de fotos íntimas e vídeos pornográficos com menores. De imediato, foi dada voz de prisão e a apreensão do aparelho celular de sua propriedade. O inquérito está sendo montado e as testemunhas serão ouvidas, e ele poderá pegar de 1 a 3 anos de prisão”, completa o tenente.

Figura carimbada
E.B.J. é velho conhecido da Polícia de Caiapônia. Em fevereiro de 2017, ele foi detido pelos crimes de roubo e cárcere privado. O criminoso repassou para outros dois indivíduos, da cidade de Jataí, informações privilegiadas sobre as joias e a rotina de uma senhora. Em troca, os três dividiriam o valor das jóias subtraídas.

“Na época ele confessou a participação no crime, mas depois de algum tempo respondeu em liberdade. Ele é carimbado na polícia aqui da cidade, sabemos que se trata de um cidadão de má índole”, concluiu Tenente Dayan.

Fonte: Mais Goiás
Foto Capa: Divulgação/PM
Jornalismo Portal Panorama