245 MUNICÍPIOS GOIANOS: De olho na visão vai realizar 2 milhões de exames em Goiás

Notícias Política Top Geral
“Hoje assumimos um desafio ainda maior, que é o de alcançar todas as crianças da rede pública que precisam de correção visual”, declarou o governador Marconi Perillo
“Hoje assumimos um desafio ainda maior, que é o de alcançar todas as crianças da rede pública que precisam de correção visual”, declarou o governador Marconi Perillo

Para garantir a saúde visual dos estudantes da rede pública goiana, do Estado e dos municípios,  o Governo de Goiás assinou convênio na manhã desta quarta-feira, dia 29, com a Fundação Banco de Olhos de Goiás, instituindo o programa De olho na visão II.  A iniciativa chega à segunda edição,  com previsão de dois milhões de exames de acuidade visual e daltonismo em todo o Estado.  Na primeira etapa, foram realizados 670 mil exames oftalmológicos, durante seis meses.

SESC

A nova etapa,  vai abranger  971.445  alunos da rede pública. “Hoje assumimos um desafio ainda maior, que é o de alcançar todas as crianças da rede pública que precisam de correção visual”, declarou o governador Marconi Perillo, autorizando também o secretário da Saúde, Halim Giradi,  a estender a campanha a universitários de instituições públicas e a adultos e idosos que precisarem de exames oftalmológicos. Ele também pediu ao secretário que elaborasse um projeto para o  Hospital do Idoso.

Sobre os investimentos na saúde, o governador disse que ao término do levantamento realizado junto aos municípios sobre a demanda por equipamentos hospitalares para diagnóstico, vai iniciar a licitação para a aquisição dos maquinários necessários para exames no próprio município. “Temos que evitar que a pessoa se desloque para um centro maior para ter acesso, muitas vezes, a um único exame”, declarou.

De olho na Visão
A segunda etapa do programa De olho na Visão  vai percorrer os 245 municípios goianos para identificar os alunos que necessitam de exames mais aprofundados de acuidade visual e daltonismo. Serão revertidos R$ 10,3 milhões dos cofres estaduais  para custear a logística do  ônibus e de um furgão, equipados com consultórios de atendimento, e ainda a instalação de consultórios oftalmológicos em 72 polos no interior. Parte desse recurso, cerca de R$1,197 milhão ainda será aplicado no oferecimento de cirurgias de catarata, no Hospital da Fundação Banco de Olhos de Goiás, em Goiânia. A triagem para esse procedimento será realizada pela Secretaria da Saúde.

O secretário Halim Giradi, explica que todas as crianças que forem identificadas com potenciais comprometimentos na visão serão encaminhadas a uma das 72 cidades polo para uma  consulta mais aprofundada. Calcula-se que 65 mil óculos sejam distribuídos gratuitamente para a correção visual do público-alvo.

“Hoje iniciamos a parceria com os municípios para que se comprometam com a causa e facilitem o acesso às escolas. Aqueles que foram eleitos como polo para a instalação do consultório, precisam disponibilizar um local adequado para a instalação do consultório que vai atender, além da sua cidade, a região em que está inserido”, explica Halim.

Caberá a Fundação Banco de Olhos de Goiás disponibilizar os oftalmologistas que farão o trabalho no interior. Em Goiânia, a parceria está sendo firmada com a Fundação Jaime Câmara. O presidente da Fundação Banco de Olhos, Zander Campos, explica que em Goiás apenas 20 municípios tem profissionais de oftalmologia. Os demais, 225 municípios do Estado, estão desassistidos. “Buscamos preencher uma lacuna identificada em Goiás ao levarmos o acesso a exames que detectam o comprometimento visual”, informa Zander.

One thought on “%1$s”

  1. Obrigada ao reclame aqui que prontamente me atenderam na troca da minha geladeira eletrolux. Muito obrigada pela atenção elza wingert Florianópolis s.c pela atenção bejos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.