Uso de avermectina de longa duração é liberado pelo governo

Agronegócio

Foi assinada na última semana pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, uma instrução normativa que revoga a anterior, que proibia o uso da avermectina de longa duração desde maio do ano passado. Será publicada no Diário Oficial da União nesta semana.

NUMBERS-300x250

Tal decisão foi tomada após estudos científicos afirmarem que a avermectina não oferece risco a humanos, desde que utilizada seguindo o plano de mitigação de risco, elaborado pelo governo e representantes do setor. Dessa forma, uma das recomendações é de que a carne deve ser comercializada somente 42 dias após a aplicação da substância.

De acordo com a Justiça, que já havia suspendido a proibição, em resposta a uma ação do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (Sindan), o governo não priorizou um debate prévio com entidades relacionadas ao assunto e também não apresentou um estudo que comprove riscos concretos à saúde humana e animal, com o uso da avermectina.

Rosana de Carvalho
Foto: Rc7 – PaNoRaMa
Jornalismo Portal Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.