Cidades Galeria de Vídeos

Suspensa a greve da educação: Sintego diz ser uma pausa estratégica

Suspensão da greve!

Assembleia Geral da Educação decide pela suspensão da greve na tarde desta sexta-feira (12). O SINTEGO segue na luta não apenas pelo pagamento de dezembro/18, receber dentro do mês trabalhado, pagar aposentados e ativos/as ao mesmo tempo mantendo a paridade; mas também pelas outras reivindicações da categoria como: o PISO, Concurso Público, a Data Base dos administrativos, progressões, dentre outras.

Publicado por SINTEGO em Sexta-feira, 12 de abril de 2019
Bia de Lima, presidente do sindicato, visa pautas maiores

Em meados do mês de abril, havia sido decidido  a adesão à greve por parte do Sintego, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás, em função do atraso do pagamento do mês de dezembro.

Entretanto, por motivos estratégicos, segundo Bia de Lima, presidente do sindicato, foi suspensa a prática de tal ação. A paralisação da greve se dá pelo fato dos profissionais da educação vislumbrarem um panorama maior e pedirem por outros direitos.

A categoria pede pelo: piso, data base dos administrativos, progressões que, conforme a mesma, estão há dois anos sem pagar e a abertura de concursos públicos para alavancarem a carreira do magistério.

Bia de Lima, elencou ainda, que continuarão em defesa dos aposentados e dos contratos.

Carolina Craveiro Carvalho
Foto: Vânia Santana
panorama.not.br

Enquete:

O Panorama quer saber a sua opinião: Educação sexual nas escolas de Jataí. Você é contra ou a favor?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...