22 de fevereiro de 2024
A Justiça de Goiás concedeu um habeas corpus ao empresário Fabiano Falqueto, preso suspeito de mandar matar a namorada, a auxiliar administrativa Tatylla Marçal.

A Justiça de Goiás concedeu um habeas corpus ao empresário Fabiano Antônio Falqueto, de 28 anos, preso suspeito de mandar matar a namorada, a auxiliar administrativa Tatylla Cristina Marçal da Silva, de 24 anos, que desapareceu após sair da igreja, em Jataí, no sudoeste do estado. Na decisão, o desembargador Ivo Fávaro destacou que não há provas concretas que incriminem o empresário e que ele possui residência e emprego fixos. Sendo assim, ele vai aguardar o julgamento em liberdade.

Do G1 – Foto: Arquivo Site PaNoRaMa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE