Suplementação de vitamina D pode reduzir síndrome pré-menstrual

Suplementação de vitamina D pode reduzir síndrome pré-menstrual

5 dias atrás 0 Por Redação Portal PaNoRaMa

A fase pré-menstrual é um período delicado para o público feminino. Com a oscilação hormonal, surgem também efeitos nada agradáveis, como retenção de líquido, aumento do apetite, cansaço, distúrbios do sono, dor de cabeça e, principalmente, alterações no humor. Que atire “o primeiro chocolate” a mulher que nunca recorreu a um docinho ou prefere se isolar quando está nessa fase.

Em casos mais extremos, os efeitos chegam a ser tão desagradáveis que a pessoa busca alternativas para interromper a menstruação. A boa-nova é que um artigo recente apontou que a suplementação de vitamina D pode ter efeito benéfico na TPM.

Os sintomas, normalmente, podem começar até duas semanas antes da menstruação e diminui gradualmente após o início dela.

Estudos epidemiológicos relatam que entre 80% e 90% das mulheres sofrem da síndrome, que reduz significativamente a qualidade de vida em todos os aspectos.

A vitamina D sofre uma flutuação ao longo do ciclo menstrual, juntamente com alterações no hormônio estradiol. Além disso, foi observado que as concentrações sanguíneas da vitamina eram significativamente mais baixas em mulheres que possuem três ciclos de ciclo menstrual.

Essa vitamina tem um papel crítico na reprodução feminina e a suplementação pode ter um efeito benéfico no perfil cardiometabólico, inflamação sistêmica e humor/função emocional em adolescentes.

No estudo mencionado, a suplementação da vitamina pode diminuir significativamente a incidência de dor nas costas e a tendência de chorar facilmente, junto com náusea, perda de concentração e energia.

As evidências científicas disponíveis atualmente sugerem que a suplementação pode ter efeitos positivos nos desagradáveis efeitos da TPM. Para maiores informações, consulte um profissional qualificado.

Por Thaiz Brito
Foto: iStock
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br