Jataí Polícia / Bombeiro Top Destaque

Solidariedade: PMs doam bicicleta para criança carente

Jovens policiais ficaram sensibilizados por imagem de criança andando com bicicleta sem pneus em bairro de Jataí

Em patrulhamento pela ruas do Setor Santo Antônio, em Jataí, os Policiais Militares Aspirante Márcio Cajão e o Soldado  Danillo Assis se depararam com uma inusitada: o menino Lucas, de 11 anos, cantarolava e pedalava uma bicicleta sem pneus e sem freio pelas ruas do bairro. Apesar da situação de extrema carência do menino, ainda havia esperança e alegria naquele momento. 

Os policiais ficaram sensibilizados e pararam a viatura para conversar com a criança e se propuseram a levar a bicicleta para consertá-la. Posteriormente os PMs perceberam que o custo seria o valor de uma outra bicicleta em bom estado de conservação e passaram a buscar uma bicicleta para adquirir e doar para Lucas. 

Após busca em sites de compras e vendas da cidade, os policiais encontraram um anúncio e em contato com a vendedora adquiriram uma bicicleta –  a vendedora, comovida com a história de Lucas, fez um desconto no item. Ainda na quarta-feira, os policiais fizeram a entrega da bicicleta ao menino e puderam ver a alegria da criança. 

O Aspirante Márcio Cajão, relatou a alegria do momento: “Foi muito bom ver que aquele pequeno gesto que a gente fez, com certeza foi muito grande na vida daquela criança. Ele ficou muito feliz também”. Segundo o PM, a família de Lucas é muito carente e está precisando de doação de roupas, calçados, brinquedos e mantimentos. 

Aqueles que puderem contribuir poderão deixar as doações na sede do 15º Batalhão de Polícia Militar em Jataí, no centro da cidade, ou ainda entrar em contato pelo 190 no domingo, dia 07, ocasião em que o Aspirante Márcio Cajão se propõe a buscar doações para a família de Lucas e outras família vulneráveis na mesma região. 

Por Estael Lima
Foto capa:Acervo pessoal 
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

mm

Estael Lima

Estael Lima - Graduada e mestre em História, com ênfase em cultura e poder. Amante da comunicação e de todas as artes. Tem experiência em gestão de comunicação, relações públicas e mídias digitais. Redatora, aspirante a cronista. Como disse Simone de Beauvoir, “Não se pode escrever nada com indiferença”.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Abrir conversa
Precisa de ajuda?