Sistema para bloquear celular pirata começa funcionar nesta segunda

Notícias Top Geral

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_facebook type=”standard”][/vc_column][/vc_row]

Nesta segunda-feira (17), as operadoras de telefonia móvel, começam a testar o sistema que irá bloquear chamadas feitas por celulares e tablets piratas em todo o país.

No entanto, tais eletrônicos continuarão funcionando normalmente até setembro, quando o sistema se tornará de fato, efetivo. Por enquanto, o sistema irá apenas montar um banco de dados com informações sobre os equipamentos que estejam ligados às redes da Oi, Vivo, Tim e Claro que estão em uso no Brasil, e após isso, os usuários serão avisados antes de terem o serviço cortado.

É importante ressaltar que eletrônicos originais, importados ou comprados no exterior, cujo modelo não seja certificado no Brasil, também podem deixar de funcionar no caso de não possuírem certificação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O site da Anatel disponibiliza a consulta dos aparelhos homologados e certificados no endereço: http://sistemas.anatel.gov.br .

O objetivo do método de bloqueio é retirar do mercado equipamentos de baixa qualidade que entram no país via contrabando, garantir a segurança dos clientes expostos a riscos de radiação excessiva e de explosão das baterias dos aparelhos por não saber ao certo o nível de radiação que os mesmos emitem e nem os componentes usados, e ainda, melhorar os índices de qualidade das teles. Além disso, os aparelhos falsificados podem provocar ruídos na rede das operadoras, o que atrapalha o uso do serviço de voz ou internet móvel para outros clientes.

“Este método vai ser bom, mas grande parte das pessoas compram falsificações de ótima qualidade, que saem mais ou menos na metade do preço do produto original, sendo que muitas vezes essas falsificações têm como cópia até mesmo a placa-mãe igual a do original, mas de material mais barato, o que dificulta a ação do bloqueamento dos mesmos. Se realmente for aprovada esta lei, os falsificadores apenas teriam que burlar (ainda mais) o sistema de ID, coisa fácil para eles. Os contrabandistas já desbloquearam aparelhos de enorme influência, como o Xbox e o Ps3. Então o bloqueamento até diminuiria a pirataria, mas por pouquíssimo tempo. Então embora seja bom, não adianta bloquear celulares piratas, pois traria apenas um resultado desprezível”, relata o estudante de Ciência da Computação/UFG, Henrique Araújo, 16 anos.

A criação do Sistema Integrado de Gestão de Aparelhos (Siga), que irá permitir o bloqueio atende a lei do setor de telecomunicações que diz que somente podem funcionar aqui, aparelhos homologados pela Anatel, ou seja, que comprovam o cumprimento de algumas exigências técnicas e por isso, recebem um selo da agência, o qual pode ser encontrado nas embalagens ou nos próprios aparelhos.

Nayara Borges – Site PaNoRaMa

One thought on “%1$s”

  1. sacanagem isso ai, então vai devolver o dinheiro da galera que comprou os celulares tambem, a gente tem direito, so olham para o nariz deles mesmo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.