Promotora vai apurar possíveis irregularidades na realização de concurso da Câmara de Rio Verde

Sem categoria

A promotora de Justiça Renata Dantas de Morais e Macedo instaurou procedimento administrativo para apurar a notícia de que a empresa Ebracon foi contratada para organizar concurso público da Câmara Municipal de Rio Verde apesar de supostamente estar envolvida em fraudes em concurso da prefeitura de Caldas Novas, em 2012. Em Rio Verde, o certame prevê a contratação dos cargos de agente de controle interno, procurador jurídico, recepcionista, secretária, telefonista, vigia e auxiliar de serviços gerais.

Conforme destaca a promotora, o Ofício Circular nº 2/2013, do Centro de Apoio Operacional do Patrimônio Público do MP-GO, apontou que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) fez o levantamento de denúncias e irregularidades em concursos públicos organizados por diversas empresas, dentre elas a Ebracon.

Como providências, Renata Dantas requisitou à Câmara Municipal de Rio Verde cópia do procedimento licitatório para contratação da empresa Ebracon, assim como cópia do contrato firmado.

Cristina Rosa/ Assessoria de Comunicação Social do MP-GO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.