Projeto de Lei Municipal busca proteger o Lago Bonsucesso de agrotóxicos

Notícias Top Geral
O Projeto de Lei N° 076/2014, que proíbe o uso de defensivos agrícolas de qualquer natureza a um raio de distância de 2 km do Lago Bonsucesso.
O Projeto de Lei N° 076/2014, que proíbe o uso de defensivos agrícolas de qualquer natureza a um raio de distância de 2 km do Lago Bonsucesso.

Visando preservar e proteger um dos maiores cartões postais de Jataí e um dos afluentes do Rio Claro que abastece nossa cidade, a prefeitura de Jataí enviou à Câmara Municipal o Projeto de Lei N° 076/2014, que proíbe o uso de defensivos agrícolas de qualquer natureza a um raio de distância de 2 km do Lago Bonsucesso.

Caso o  projeto seja aprovado só será permitido plantar nas proximidades do lago,  mediante o preparo adequado do solo com curvas de níveis ou barreiras que impeça as águas das chuvas de conduzirem terra e defensivos para dentro do lago, o que causaria a redução do oxigênio, morte dos peixes, e a contaminação da água por agrotóxicos.

Com a aprovação do projeto de lei a prefeitura de Jataí busca proteger o complexo turístico, que é composto pelo clube de Águas Termais, o Lago e o Hotel Thermas Bonsucesso que ficam as margens do espelho d’água, dos efeitos nocivos causados pelos defensivos agrícolas (pesticidas, inseticidas, fungicidas e agrotóxicos de um modo geral), conservando assim, todo aquele espaço turístico, ambiental e de lazer, pois em caso de uma contaminação tudo seria comprometido e as atividades pesqueiras e de banho ficariam suspensas, o que afugentaria os turistas que ali frequentam.
Caso a matéria seja aprovada pelos vereadores os infratores poderão ser multados em de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) acrescida de 50% em caso de reincidência.

O projeto foi protocolado na Câmara Municipal e já está sendo discutido pelos vereadores.

Marcelo Tosta / Marcos Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.