Pn7 GOIÁS: Operação Avalanche apreende 4 toneladas de maconha

Sem categoria

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (24) o resultado da Operação Avalanche, que foi dividida em duas etapas e tem o objetivo de combater o tráfico de drogas em Goiás. Cinco homens estavam envolvidos no transporte e comercialização do entorpecentes, quatro deles foram detidos e um já estava preso na Casa de Prisão Provisória, em Aparecida de Goiânia. A polícia também apreendeu 4 toneladas de maconha, 7 kg de pasta base de cocaína, 300 pedras de crack e duas armas durante a ação.

Na primeira etapa da operação, realizada no dia 18 de setembro, os policiais da Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) apreenderam 2,5 toneladas de maconha e duas armas em uma casa no Residencial São Marcos. A droga e os revólveres estavam com um jovem, de 24 anos, que foi preso em flagrante.

Mesmo após ter sido preso, a polícia continuou monitorando o rapaz dentro do presídio, suspeitando que ele pudesse continuar comandando o tráfico de drogas de dentro o Complexo Prisional. Nas investigações, os agentes conseguiram localizar uma chácara onde estariam escondidos mais um carregamento de drogas.

Na última sexta-feira (21), na parte final da ação, a polícia foi até o local, no setor Rosa dos Ventos e encontrou mais 1,5 toneladas da droga. O entorpecente vinha do Mato Grosso e seria distribuído na Grande Goiânia. Quatro pessoas foram presas no local. Quatro pessoas foram presas. Um deles era detento do regime semiaberto.

Mesmo após ter sido preso, a polícia continuou monitorando o jovem de 24 anos preso em setembro dentro do presídio. Nesta segunda-feira (24), os policiais, com o apoio dos agentes penitenciários, realizaram uma revista na cela do detento e encontraram 300 pedras de crack e diversos celulares, que seriam usados para comandar o tráfico do lado de fora da cadeia.

A Segurança Estadual de Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus) informou que abriu sindicância para apurar o fato e para a aplicação das sanções disciplinares ao detento.

Fonte: G1 / Foto: Reprodução TV Anhanguera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.