PF ESTÁ NA U.T.I.: Paralisação da Polícia Federal é iniciada na manhã desta terça (11)

Notícias Polícia / Bombeiro
Manifestação feita pelos policiais federais de Jatai.
Manifestação feita pelos policiais federais de Jatai.

Foi iniciada na manhã desta terça-feira (11), uma paralisação de Policiais Federais de 70% do efetivo em todo o país, incluindo policiais, escrivães e papiloscopistas, os quais estão participando de protestos em frente às unidades da Polícia Federal.

tonolucro

Como hoje 11 de fevereiro é Dia Mundial do Enfermo, os mesmos aderiram à paralisação ao tema em vários locais, onde os policiais encenam o policial federal doente, numa maca de hospital, com balões de oxigênios e soros, representando a deplorável situação da Polícia Federal, fazendo um pedido de socorro por uma PF doente, que vem sofrendo ao longo dos últimos anos um boicote do Governo Dilma.

Em Goiás, além da capital, as unidades da PF em Anápolis e Jataí também aderiram à paralisação.

Nos últimos anos, tem ocorrido o desmantelamento de equipes experientes da PF. Dados oficiais do Ministério do Planejamento apontam que atualmente, 230 agentes federais abandonam todo ano a PF (único órgão federal sucateado pelo Governo Dilma).

“Queremos denunciar o abandono, o controle político da PF e a falta de investimentos a que ocorre há mais de sete anos. Essa desvalorização tem feito com que vários servidores peçam para deixar o órgão. Só no ano passado, 230 agentes pediram demissão em todo o país”, explica o presidente do Sindicato dos Policiais Federais em Goiás (Sinpefego), Adair Ferreira dos Santos.

Policiais federais dos cargos de agente, escrivão e papiloscopista são os únicos servidores da história do Brasil que já sofreram sete anos de congelamento salarial e até então, não conseguiram o reconhecimento legal e a valorização merecida de suas atribuições.

A queda de produtividade no órgão tem sido tapada através da divulgação de estatísticas de inquéritos instaurados que na verdade, significa apenas um procedimento burocrático caso não haja o verdadeiro trabalho policial, o que produz provas resultando no indiciamento e automaticamente apontando o suspeito do crime. Como forma de mostrar a verdade, no gráfico seguinte, onde os dados são inquestionáveis, haja vista que os mesmos foram fornecidos oficialmente pelo Portal de Acesso à Informação, é disposta a estatística oficial do órgão, comprovando uma absurda queda de 86% no número de indiciamentos da Polícia Federal e crimes de colarinho branco nas variadas formas de corrupção.

pf greve
FEDERAÇÃO NACIONAL DOS POLICIAIS FEDERAIS – SINPEFGO

A paralisação está sujeita a afetar o atendimento ao público e os serviços prestados e está previsto para que na quarta-feira (12) os servidores voltem normalmente ao trabalho, embora novas paralisações não estejam descartadas.

O movimento desta terça (11) é apenas mais um dia na mobilização dos federais. Nos próximos atos públicos serão denunciados mais absurdos que comprovam o sucateamento do órgão que conquistou a população justamente por conseguir prender pessoas até então, inatingíveis.

Nayara Borges de L. T. Moraes / Foto: Alex Alves – Site PaNoRaMa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.