Automóvel

Não quer ter a sua placa Mercosul roubada? Veja essas dicas

Placa Mercosul presa com parafuso philips (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)
A placa Mercosul dispensou o uso do lacre para facilitar a vida dos usuários, mas também provocou o inconveniente de aumentar o risco de roubo e furto...

A placa Mercosul já é realidade em todos os estados brasileiros. Chamada oficialmente de PIV (Placa de Identificação Veicular), o novo padrão amplia a probabilidade de combinações das placas: de 175 milhões de possibilidades da placa com três letras e quatro dígitos para 456 milhões de possibilidades a partir da adoção da quarta letra no instrumento.

Topy

Mesmo possuindo gravações a laser, efeitos visuais, número de série criptografado e o QR Code, a placa Mercosul ainda possui uma brecha que pode causar dor de cabeça aos proprietários que já possuem automóveis emplacados com ela.

A falta do arame e o selo que lacrava a placa traseira junto do carro – que era o antigo padrão – é o motivo. Como as novas chapas não possuem as tarjetas nem o lacre, o próprio dono pode emplacar o carro utilizando-se apenas dos parafusos.

O que isso pode provocar? Maior facilidade dela ser retiradas por bandidos em caso de roubo/furto em que os criminosos as tiram do carro para tentar a clonagem das chapas.

Para tentar evitar dor de cabeça e prevenir dessas ocasiões nada agradáveis, uma simples substituição dos parafusos – normalmente tipo philips – por outros mais difícil de tirar sem uma chave específica.

Confira 3 sugestões de parafusos quem podem ser usadas para dificultar o furto da placa Mercosul.

1. Parafusos sextavados com porcas

Parafusos sextavados com porcas podem te ajudar a fixar melhor a placa Mercosul no seu carro. Além disso, ao colocar as porcas do lado interno do para-choques, a placa fica rigidamente presa – sem riscos de ser retirada (pelo menos não facilmente).

2. Parafusos Torx

Torx é um tipo de cabeça de parafusos caracterizado por uma chave de seis pontas, que forma uma estrela. Esse tipo de parafuso também é um método que dificulta a ação dos bandidos que roubam placas, já que é uma chave específica usada para torcê-lo.

3. Parafusos Allen

Seguindo os parafusos Torx, os modelos Allen também possuem seis lados. Mas suas fendas são diferentes e, portanto, necessitam de outro tipo de chave para parafusá-los. Sendo assim, eles também são bastante específicos e causaria mais trabalho a quem tentasse roubar a placa Mercosul do carro.

Fita adesiva de dupla face

O uso da fita adesiva de dupla face também pode dificultar a ação dos criminosos ao tentarem furtar a placa Mercosul do automóvel. Por conta dos dois lados autocolantes de forte fixação, a fita pode ser passada nas quatro bordas da chapa, como um reforço para um dos parafusos indicados acima.

Fonte: Auto Papo
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

mm

Redação Portal PaNoRaMa

O Portal PaNoRaMa um dos pioneiros na área de cobertura de eventos e notícias de Jataí - Goiás, lançando uma forma única de trabalho e divulgação.

Adicionar comentário

Clique aqui para publicar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba as principais notícias do dia

Topy
Abrir conversa
Precisa de ajuda?