A suspeita trabalhava como diarista na casa da vítima e conseguiu extorquir cerca de R$ 90 mil do idoso.

Uma mulher, de 37 anos, foi presa após extorquir dinheiro de um idoso, de 89 anos, em Goiânia. As ameaças começaram após a mulher ter gravado vídeos íntimos dos dois e ameaçado mostrar para a família da vítima, caso ele não lhe desse dinheiro.

A Polícia Militar informou que o caso ocorreu enquanto a mulher trabalhava como diarista na casa do idoso, funcionário aposentado do Banco do Brasil. Antes de iniciar a extorsão contra a vítima, a mulher mantinha relações com o filho do idoso já com a intenção de ter mais acesso à família.

A primeira estratégia para obter dinheiro foi pegar o celular do idoso e fingir se passar por ele em uma conversa com a filha dele, onde conseguiu cerca de R$ 25 mil. A mulher se beneficiava das informações que tinha sobre a família, por trabalhar na residência.

Após conseguir o dinheiro da filha do idoso, a mulher mudou a tática e começou a se insinuar para a vítima, pois sabia de suas vulnerabilidades. A mulher, ao longo do tempo, levou o idoso para sua casa e gravou um vídeo íntimo no celular dela, com o objetivo de extorqui-lo. Segundo a PM, a autora do crime conseguiu cerca de 90 mil da vítima, sem considerar as quantias pequenas que ele era obrigado a dar todos os dias para ela.

As chantagens só acabaram depois que o neto do idoso entrou em contato com a polícia militar para denunciar o crime. A mulher foi presa em flagrante e encaminhada à delegacia.

A polícia militar não divulgou o nome da suspeita, então não foi possível entrar em contato com a defesa para ouvir a sua versão. Essa matéria pode ser atualizada.

Fonte: Mais Goiás
Foto: Reprodução
Jornalismo Portal Panorama
panorama.not.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
× Como posso te ajudar?