Manifestação UFG: Confira o que aconteceu e o que vem por aí

Manifestação UFG: Confira o que aconteceu e o que vem por aí

24 de março de 2014 0 Por Redação Portal PaNoRaMa

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_facebook type=”standard”][/vc_column][/vc_row]

Na noite da última quarta-feira (19) de março em Assembleia, estudantes e servidores da Universidade Federal de Goiás, campus Jataí, deliberou pela manifestação que se deu inicio no dia (20) quinta-feira e que se estenderá até que a Direção do campus e o DNIT ofereçam respostas e soluções às reivindicações apresentadas nas manifestações e documentos apresentados pelo grupo manifestante.

Segundo os manifestantes universitários não existem condições de ensino, pesquisa, extensão e trabalho em um espaço de risco de morte para as pessoas que se deslocam no perímetro. O fato da morte que ocorreu com a estudante Josiane Evangelista Pinto, na noite do dia 17 de março de 2014, ao voltar da aula de seu curso de Direito, da UFG/Jataí, intensificou a revolta dos usuários do perímetro urbano da rodovia BR-364.

Na noite do dia 20 de março, os manifestantes realizaram outra Assembleia Geral na entrada da UFG, unidade Jatobá para aprovação de pautas em relação às reivindicações. Após os informes, leitura e aprovação das reivindicações a serem encaminhadas ao DNIT, a seguintes pautas de reivindicações gerais foram aprovadas:

  • Solicitação da passagem anterior da UFG/Jataí, unidade Jatobá, para ser usada como saída, e manter a entrada atual; iluminação no perímetro;
  • Colocação das lombadas; poda da vegetação – Votação: aprovação unânime;
  • Construção de passarelas para ciclistas e pedestres – Votação: aprovação por maioria;
  • Construção do viaduto (ligando o bairro Vila Sofia ao bairro Estrela D’Alva) – Votação: aprovação unânime;
  • Transporte gratuito entre a unidade Riachuelo e a unidade Jatobá – Votação: aprovação unânime;
  • Revisão do contrato de concessão entre a Prefeitura de Jataí e a empresa AVJ – Votação: aprovação unânime.

Desde o dia 20 de março os manifestantes estão pernoitando acampados no pórtico do campus Jatobá.

Na manhã da última sexta-feira (21) fora realizada uma reunião e debate com a presença e participação do Reitor da UFG, Prof. Dr. Orlando Afonso, do Inspetor- Chefe da PRF, Moisés Alves da Silva, representando o prefeito Humberto Machado esteve presente o Superintendente Municipal de Trânsito, Lucimar Cardoso, entre outros órgãos do Centro Acadêmico. Nesta Assembleia o Reitor informou que fez contato com o presidente do DNIT em Goiânia e o mesmo se prontificou a ajudar a encontrar uma solução o mais rápido possível, e que ainda enviaria seus representantes a Jataí para analisar como viabilizar a instalação de uma lombada eletrônica próxima à entrada do campus.

Ainda na noite da sexta (21), representantes do DNIT de Brasília apareceram sem aviso prévio ao campus Jatobá, no MOVIMENTO POR CONDIÇÕES MELHORES DE ACESSIBILIDADE AO CAMPUS JATOBÁ UFG – JATAÍ, onde foram recebidos por estudantes e professores presentes e ouviram todas as colocações/reivindicações dos manifestantes e receberam a pauta aprovada na assembleia realizada no dia 20.

Durante o final de semana nos dias 22 e 23 os manifestantes continuaram acampados no pórtico do Campus Jatobá realizando atividades de formação política.

As pautas requeridas pelos manifestantes organizadores do movimento são:

  1. imediata abertura da antiga entrada com colocação de redutores de velocidade e sinalização adequada no local;
  2. imediata sinalização de todo trecho da BR-364 que cobre o perímetro urbano de Jataí;
  3. imediata ativação da iluminação publica na BR364 (perímetro urbano de Jataí);
  4. imediata poda do matagal nas margens e canteiro central da BR-365 (perímetro urbano de Jataí);
  5. Construção de uma nova e definitiva entrada para o Campus Jatobá que não nos obrigue a usar a BR-364.
  6. Transporte público gratuito de qualidade e regularidade entre o Câmpus Jatobá e todos os bairros da cidade de Jataí.

Nesta manhã de segunda-feira (24), em frente ao pórtico do campus, foi realizada uma reunião com a presença do diretor da Regional Jataí da UFG, alunos, professores, funcionários e a organização da manifestação do MOVIMENTO POR MELHORES CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE AO CAMPUS JATOBÁ DA UFG – JATAÍ, com o objetivo de negociar o retorno das atividades acadêmicas no local.

O Diretor da Regional Jataí, Prof. Dr. Wagner Gouveia dos Santos concordou que a manifestação é um direito dos estudantes e de toda comunidade de Jataí, mas deixou claro que até o momento não houve nada concreto a não serem negociações, pois na verdade as mesmas dependem do ministério do transporte e do DNIT para aprovação de todas as medidas a serem tomadas da reivindicação.

“A tônica da conversa da direção da UFG com os estudantes nessa manhã, foi justamente reavaliar o movimento/manifestação e os direcionamentos das reivindicações da mesma com o intuito de trabalharmos juntos para que as reivindicações que estão sendo solicitadas, principalmente à pauta da melhoria da segurança na rodovia e acessibilidade ao campus se tornem concretas e se realizem. Essa reunião foi também uma tentativa de redirecionar e rediscutir a manifestação. Este foi mais um momento de debate tentando demonstrar aos manifestantes que o fechamento da entrada da universidade deve ser repensado, e tentar assegurar a ida e vinda de quem quer entrar na universidade”, relatou o Diretor Wagner.

O Diretor da Regional Jataí, resolveu ainda convocar os membros do Conselho Diretor da Regional Jataí da UFG, para estarem realizando uma Reunião Extraordinária EM CARÁTER DE URGÊNCIA, nesta segunda-feira (24), com início às 15h e término previsto para as 17h30 no Auditório Maior (Bloco I) na Unidade Jatobá para tratar da seguinte pauta:

1. Discussão e encaminhamentos sobre reivindicações de melhorias na BR 364 – Entrada para a Cidade Universitária José Cruciano de Araújo.

Foram recebidas informações de que um representante do DNIT também comparecerá a reunião das 15h.

Na quinta-feira (27), será realizada uma passeata que sairá da UFG – Caj – Riachuelo com destino à prefeitura, provavelmente às 13h30, mas ainda com horário a confirmar.

Assim que forem disponibilizadas mais informações sobre a manifestação, reuniões, assembleias, serão divulgadas aqui no site, portanto fiquem atentos.

Nayara Borges – Site PaNoRaMa